Feira de Santana está em estágio avançado no conceito cidade inteligente, diz gerente da Prefeitura de Salvador

Ricardo Machado Seixas, gerente de Tecnologia da Informação da Secretaria de Gestão de Salvador, visita órgãos municipais de Feira de Santana.

Ricardo Machado Seixas, gerente de Tecnologia da Informação da Secretaria de Gestão de Salvador, visita órgãos municipais de Feira de Santana.

O uso da tecnologia coloca Feira de Santana em estágio adiantado no conceito de cidade inteligente. A opinião é de Ricardo Machado Seixas, gerente de Tecnologia da Informação da Secretaria de Gestão, de Salvador, que visitou órgãos municipais e esteve com autoridades na última quinta-feira (14/12/2017).

O programa Feira Digital, desenvolvido pela Prefeitura local e que oferece internet gratuita em diversos bairros, também foi elogiado por Ivan Paiva, diretor de Inovações da Secretaria de Cidade Sustentável e Inovação da prefeitura soteropolitana.

“É um programa excelente”, afirmou. A visita teve como objetivo, segundo ele, observar os avanços nas áreas de tecnologia e startup – que são empresas iniciantes. Eles estavam acompanhados por Rafaela Rodrigues, também da Secretaria de Cidade Sustentável e Inovação.

Eles estiveram no Parque do Saber Dival Pitombo, onde foram recebidos pelo presidente da Fundação Cultural Egberto Costa, Antônio Carlos Coelho. “Esta é uma importante referência para o que a gente vem desenvolvendo na cidade neste setor”.

Ricardo Machado Seixas disse que o grupo veio conhecer as tecnologias aplicadas em Feira de Santana e que podem ser aplicadas em Salvador, que está em busca de experiências exitosas. Depois, visitaram o Planetário – disseram estar admirados com a estrutura.

Eles ouviram uma longa explanação realizada pelo diretor da WiMaxx, Ulisses Bezerra, empresa que instalou e faz a manutenção do Feira Digital. O diretor de Atividades Culturais da Fundação Cultural Egberto Costa, Luiz Augusto Oliveira, mostrou as iniciativas culturais desenvolvidas pela autarquia.

Apresentou as oficinas realizadas pelo projeto Arte de Viver, os festivais de música, os CEUs (Centros de Artes e Esportes Unificados). “São iniciativas que podem ser definidas como ousadas e que atendem a milhares de pessoas todos os anos”, afirmou Antônio Carlos Coelho. O diretor de Difusão Científica da Fundação, Basílio Fernandez, também participou da reunião.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]