Feira de Santana é finalista de prêmio concedido pelo Conselho Nacional de Assistência Social

Ângela Pérsico: a classificação para a final é um reconhecimento pelas boas práticas de incentivo à melhoria contínua dos serviços de assistência social em Feira de Santana.

Ângela Pérsico: a classificação para a final é um reconhecimento pelas boas práticas de incentivo à melhoria contínua dos serviços de assistência social em Feira de Santana.

O município de Feira de Santana está disputando com Fortaleza, capital do Ceará, o Prêmio Honra ao Mérito para Conselheiros, na categoria cidades de grande porte, promovido pelo Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS). O vencedor será anunciado durante a 11ª Conferência Nacional de Assistência Social, que ocorre no período de 5 a 8 de dezembro de 2017, em Brasília.

O município feirense concorre através dos trabalhos desenvolvidos pelo Núcleo de Estudos e Pesquisa de Assistência Social (Nepas), voltados para a promoção de aprendizado dos profissionais de assistência social, com palestras, rodas de conversas, encontros, seminários, capacitações e outras ações.

O prêmio é uma iniciativa do Ministério da Assistência Social em parceria com o Conselho Nacional de Assistência Social. Foi aberto para disputa entre todas as cidades brasileiras. Entretanto, chega à final sendo disputada justamente por duas cidades nordestinas, depois de terem eliminado todas as grandes cidades e capitais brasileiras com mais de 500 mil habitantes.

A escolha de Feira de Santana para a final ocorre em reconhecimento a importância do projeto sobre os estudantes e profissionais de assistência social estarem sempre se atualizando.

Atuação fiscalizadora do Conselho ajuda muito, diz secretário

Já o secretário de Desenvolvimento Social (Sedeso), Ildes Ferreira, reconhece que a assistência social avança muito na cidade em função da atuação fiscalizadora do Conselho Municipal de Assistência Social. O CMAS tem uma posição muito crítica no município de Feira de Santana, diz o titular da pasta, que é sociólogo de formação.

“Essa atuação militante, fiscalizadora, crítica, qualificada, é muito útil porque nos obriga a melhorar as ações e qualificar e eficientizar mais o trabalho. E, com isso, a política de assistência social no município ganha muito. Eu tenho muito o que agradecer a essa atuação militante do CMAS”, frisou.

Ângela Pérsico, presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), que se encontra no Distrito Federal representando a cidade, afirma que “a classificação para a final é um reconhecimento pelas boas práticas de incentivo à melhoria contínua dos serviços de assistência social em Feira de Santana”.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]