Erro ou Manipulação? | Por Robinson Almeida

Robinson Almeida: O instituto divulga a opinião de quem o contratou e não a dos pesquisados.

Robinson Almeida: O instituto divulga a opinião de quem o contratou e não a dos pesquisados.

Não é fácil instituto de pesquisa construir reputação na Bahia. São tantos erros históricos que se duvida da competência e da boa-fé daqueles que aferem a opinião pública. O que acontece com pesquisas em nosso estado?

O erro dos institutos pode estar na amostra. A Bahia tem a maior população rural do Brasil. Custa caro e é demorado colher opiniões de quatro milhões de baianos que habitam a Bahia profunda.

Diante disso, opta-se pela aplicação de questionários nas sedes dos municípios, ignorando a roça. A causa do erro técnico se explica por distorções da amostragem entre o urbano e o rural pesquisado.

Mas porque se erra só pra um lado, em favor de candidatos do DEM? Aqui entra a tese da manipulação de resultados. O instituto divulga a opinião de quem o contratou e não a dos pesquisados.

Via de regra, quem contrata pesquisa é veículo de comunicação. Na Bahia existe relação empresarial/familiar/política entre os líderes do DEM e os principais grupos de mídia. Daí, a suspeita de fraude.

Recente pesquisa divulgada pelo Instituto Paraná, contratada pela Rede Record, ligada ao PRB, oposição a Rui e base de ACM Neto, coloca o prefeito na liderança. Erro ou manipulação?

*Robinson Santos Almeida é suplente de deputado federal pelo PT da Bahia, ex-secretário estadual de Comunicação da Bahia é pré-candidato a deputado estadual.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]