ALBA: deputado Alex Lima denuncia uso político persecutório do FNDE contra prefeitos da Bahia; órgão do governo Temer é controlado por indicado de ACM Neto

Deputado Alex Lima denuncia atuação do prefeito ACM Neto, através de preposto do Governo Temer no FNDE, com a finalidade de perseguir prefeitos aliados do governador Rui Costa.

Deputado Alex Lima denuncia atuação do prefeito ACM Neto, através de preposto do Governo Temer no FNDE, com a finalidade de perseguir prefeitos aliados do governador Rui Costa.

O deputado estadual Alex Lima (PODE) ironizou o evento FNDE em Ação, que promoveu o encontro entre prefeitos baianos e o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro, para discutir sobre verbas da educação. De acordo com o parlamentar, o evento deveria chamar-se ‘FNDE Perseguição’ por conta dos relatos de chantagens feitas por Pinheiro contra gestores que se recusam a deixar a base do governador Rui Costa (PT).

“É muita crueldade ameaçar prefeitos que dispensam a aliança carlista e depois convidá-los para discutir metas da educação. Isso só valeria à pena se a preocupação deles [democratas e aliados] com a educação baiana fosse maior que os interesses políticos”, disse o deputado.

Segundo Alex Lima, o presidente do FNDE, amigo pessoal do ACM Neto, afirmou a um prefeito que ‘se não rompesse com o governador não iria liberar nada do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação’.

“A Bahia não se curvará diante de articulações maldosas. Repito, que não se faz política na base da chantagem. Precisamos, realmente, de grandes investimentos na educação baiana e, sobretudo, de um FNDE em ação, para que não haja espaço para a perseguição”, finalizou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]