Vereadores de Feira de Santana debatem cobranças de taxas do DETRAN

Marcos Lima: percebemos que as denúncias apresentadas nesta Casa começam a surtir efeito.

Marcos Lima: percebemos que as denúncias apresentadas nesta Casa começam a surtir efeito.

Em pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira (21/11/2017), na Casa Legislativa de Feira de Santana, o vereador Marcos Lima (PRP) repercutiu a matéria ‘Reunião entre Detran e Secretaria da Fazenda vai discutir redução no preço dos guinchos e pátio’ publicada no site Acorda Cidade. De acordo com edil, o encontro, como foi anunciado pelo deputado estadual Zé Neto, será realizado com o objetivo de discutir as taxas cobradas aos proprietários de veículos apreendidos nas operações da Polícia Militar e provável redução dos valores.

“Percebemos que as denúncias apresentadas nesta Casa começam a surtir efeito. O líder do governo, Zé Neto, afirmou que na próxima semana haverá reunião com os representantes do Detran e da Secretaria da Fazenda para discutirem os valores que estão sendo cobrados pelo guincho e pela diária de pátio. O deputado reconhece o rigor das blitzen e que não trazem melhorias para a segurança do nosso município”, afirmou.

O vereador e líder governista Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM) lembrou que a taxa cobrada pelo uso do guincho foi reajustada pala R$ 350,00 e declarou esperar resultados positivos da reunião entre os órgãos envolvidos.  “Esperamos que essa reunião tenha efeito positivo, porque mesmo com todas as denúncias feitas contra as cobranças abusivas, reajustaram os valores cobrados”, disse.

“Estão criando pátios para arrecadar dinheiro da população”, denuncia Luiz Augusto

No uso da tribuna da Casa Legislativa, na sessão ordinária desta terça-feira (21), o vereador e líder governista Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM) critica a cobrança de taxas abusivas pelo uso do guincho e diárias de pátio para proprietários de veículos irregulares apreendidos nas blitzen realizadas pela Polícia Militar juntamente com o Detran/BA.

O edil repercutiu a reunião que será realizada com representantes da Secretaria da Fazenda e Detran/BA, na próxima semana, para discussão da redução dos valores praticados. Ele, mais uma vez, criticou o rigor das fiscalizações, questionou a omissão de informações de dados referentes aos resultados das blitzen e cobrou providências do Governo do Estado com relação à falta de segurança pública no município.

“O deputado Zé Neto afirmou, em entrevista ao Acorda Cidade, que as blitzen vão continuar. Hoje o Detran já está cobrando R$ 350,00 pelo guincho. Estamos acompanhando as denúncias dos cidadãos de apreensões irregulares dos veículos. Essa movimentação está acontecendo na Bahia toda. Eles estão criando pátios para arrecadar dinheiro da população. Queremos informações sobre essa licitação, sobre essa empresa de guincho e do pátio”, cobrou.

Para Lulinha, a Polícia Militar não está atuando em sua real função. “A PM faz um bom trabalho, mas estão ocupando os policiais com blitzen para apreender veículos e arrecadar o dinheiro do povo. O governador afirmou que não estava sabendo de nada. Isso é um absurdo”, afirmou.

Na oportunidade, o líder governista denunciou o abandono das obras de esgotamento sanitário da Lagoa Grande. “Estava ouvindo a entrevista do deputado Zé Neto e ele falando das obras da Lagoa Grande. Mas, as obras estão paradas. Eles estão enganando o povo. O deputado afirmou que estão fazendo uma nova licitação, mas vai chegar a eleição e não vão concluir o esgotamento sanitário daquela região”, concluiu.

Ainda no uso da tribuna, o vereador Lulinha assegurou que a Secretaria Municipal de Serviços Públicos tem atuado de forma eficaz na manutenção da limpeza das ruas de Feira de Santana. O edil destacou, ainda, a atuação das equipes da pasta no suporte aos eventos realizados no município.

“Feira de Santana é uma cidade grande e não existe condições de limpar tudo de uma só vez. O vereador Zé Filé quer que os serviços sejam feitos todos de uma vez. O prefeito tem investido na cidade, só na saúde são mais de 370 milhões de reais e mais de 250 milhões de reais na educação”, pontuou.

Alberto Nery sugere criação de comissão para fiscalizar cobranças de taxas do Detran

O vereador Alberto Nery (PT), durante pronunciamento na sessão desta terça-feira (21), na Câmara Municipal de Feira de Santana, considerou exorbitantes as taxas cobradas pelo Detran/BA para liberação de veículos apreendidos em operações da Polícia Militar. O edil sugeriu a formação de uma comissão para visitar as instalações da 3ª Ciretran de Feira de Santana e do Detran/BA com o intuito de fiscalizar as cobranças praticadas.

“São exorbitantes essas taxas cobradas pela remoção de veículos no guincho. Proponho a esta Casa designar uma comissão para averiguar essa situação. Os vereadores devem cobrar do Governo do Estado a melhoria da segurança pública e não criticar a Polícia Militar que persegue um indivíduo que foge de uma blitz”, afirmou.

O presidente do Legislativo feirense, José Carneiro Rocha (PSDB), parabenizou o vereador petista pela coerência em reconhecer que as taxas cobradas pelo Estado aos proprietários de veículos apreendidos são absurdas. “Não posso criticar as blitzen que são realizadas em nossa cidade e servem para coibir a violência. Mas, não podem existir operações apenas para apreender veículos com licenciamento atrasado”, pontuou.

O vereador Gilmar Amorim (PSDC) esclareceu que cobrou dos órgãos responsáveis a apresentação de dados referentes aos resultados das fiscalizações realizadas pela Polícia Militar nas ruas de Feira de Santana, como, por exemplo, o número de armas apreendidas durante as ações. Para o vereador Edvaldo Lima (PP), os policiais militares que atuam nas blitzen de trânsito no município, agem de acordo com as ordens que são dadas por seus superiores.

Na oportunidade, o vereador Alberto Nery convidou a população feirense para a Audiência Pública, na próxima sexta-feira (24), às 9 horas, para tratar sobre o transporte coletivo em Feira de Santana, atendendo ao Ofício da Comissão de Obras, Urbanismo, Infraestrutura Municipal e Meio Ambiente.

“Novo diretor está implantando uma ação criminosa dentro do Detran/BA”, denuncia Ewerton Carneiro

Em pronunciamento na tribuna da Casa Legislativa, na sessão ordinária desta terça-feira (21), o vereador Ewerton Carneiro (Tom, PEN), voltou a cobrar providências por parte da Justiça com relação às cobranças de taxas indevidas pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran/BA) para realização de serviços como comunicação de venda, além das taxas abusivas para digitalização de documentos e liberação de veículos apreendidos.

“Não podemos nos calar diante do que está acontecendo naquele órgão. O novo diretor está implantando uma ação criminosa dentro do Detran/BA. Existe uma empresa cobrando dos despachantes uma taxa de R$ 13,00 e essa mesma empresa já recebe do Estado R$ 270 milhões para digitalizar os documentos. O CTB proíbe a cobrança de taxa para o serviço de comunicação de venda e o Detran está cobrando ao povo. Estou aguardando resposta da Justiça”, reclamou.

O líder governista, Lulinha (DEM), criticou a cobrança de taxa no valor de R$ 250,00 para instalação de placa nos veículos. O vereador Ronaldo Almeida Caribé (Ron do Povo, PTC) parabenizou o edil do PEN pela coragem em apresentar as denúncias. “Parabenizo o nobre colega pela atitude corajosa de denunciar essas irregularidades. Feira de Santana precisa de representantes assim”, disse.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]