GRAER, BOPE e Exército treinam policiais para saltos de paraquedas

Policiais do Piauí, Amazonas, Acre, Mato Grosso e Pará assistiram as palestras e fizeram aulas práticas.

Policiais do Piauí, Amazonas, Acre, Mato Grosso e Pará assistiram as palestras e fizeram aulas práticas.

O Grupamento Aéreo (GRAER), o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), e o Exército ministraram, na última quinta-feira (15/11/2017), instruções para alunos do I Curso de Operações Especiais promovido pelo Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Piauí. Integrantes das forças de segurança do Amazonas, Acre, Mato Grosso e Pará também participaram.

Lançados da aeronave guardião 08 do Graer, de altura baixa, os alunos deveriam pousar em um alvo específico. Além da aula de paraquedismo, durante todo o curso os alunos assistiram aulas que abordaram, teóricas e práticas, de montanhismo e técnicas de contraterrorismo.

O capitão PM Solón Ferreira revelou que a lição ocorreu no aeródromo, em Praia do Forte, e visa a ampliação do leque de especialidades das corporações. “Os profissionais aprenderam sobre modalidades, equipamentos, procedimentos de saída da aeronave, posição em queda livre, panes, anormalidades, procedimentos de emergência, navegação e pouso, e mais”, detalhou o oficial.

Outras etapas da capacitação ocorreram em locais que apresentam diferentes biomas, no estado, com apoio do Comando-Geral da PM da Bahia, através do seu Comando de Policiamento Especializado, Comando do Grupamento Aéreo, Comando do BOPE da PMBA, Diretoria de Saúde, Comando do Corpo de Bombeiros da Bahia, Polícia Militar do Piauí.

*Com informações da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP Bahia).

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]