Feira de Santana: vereador Marcos Lima afirma que Rui Costa irá buscar solução contra taxas do DETRAN

Marcos Lima: o governador está sensível a essa situação e o Ministério Público já foi acionado e vai investigar essas cobranças.

Marcos Lima: o governador está sensível a essa situação e o Ministério Público já foi acionado e vai investigar essas cobranças.

A cobrança de taxas cobradas pelo guincho e diária de pátio de veículos apreendidos em blitze realizadas pela Polícia Militar em parceria com o Detran/BA em Feira de Santana voltaram a ser tema de discurso do vereador Marcos Lima (PRP), na Casa Legislativa de Feira de Santana. No uso da tribuna na sessão desta segunda-feira (13/11/2017), o edil afirmou que o governador Rui Costa já tomou conhecimento das denúncias, considerou os valores abusivos e afirmou que irá buscar informações para resolver a situação.

“O assunto ganhou repercussão estadual e o governador Rui Costa assegurou que irá buscar as informações necessárias para tentar resolver o problema. O governador está sensível a essa situação e o Ministério Público já foi acionado e vai investigar essas cobranças. Na semana passada, tivemos aqui várias pessoas manifestando contra esses valores absurdos que são cobrados. Não vamos aceitar esse abuso contra os trabalhadores de nossa cidade”, afirmou.

O vereador Alberto Nery (PT) informou que o Governo Municipal, em breve, irá realizar licitação para contratação de empresa para gerenciamento do serviço de guincho e retenção dos veículos apreendidos nas operações da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT).

Para o vereador e líder governista, Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM), o Estado deverá ressarcir os cidadãos. “Espero que as pessoas que pagaram esses valores absurdos sejam ressarcidas. O Município não faz blitz. O Município realiza fiscalização dos ligeirinhos, que são motoristas clandestinos”, afirmou.

O vereador Isaías dos Santos (Isaías de Diogo, PSC), parabenizou o colega do PRP pelo discurso, e solicitou mais informações sobre a empresa responsável pelo serviço de guincho e retenção dos veículos apreendidos. O edil questionou, ainda, os valores cobrados pelo Município pela remoção e diária de pátio de veículos apreendidos em fiscalizações da SMT. Ele sugeriu que o Governo Municipal também seja obrigado a ressarcir os valores pagos pelos cidadãos.

O vereador Marcos Lima afirmou que os proprietários pagam pela diária de pátio da SMT o valor de R$ 15,00 e R$ 130,00 pelo serviço do guincho. “Se o Estado cobrasse as mesmas taxas aplicadas pelo Município, já ajudaria bastante o povo”, concluiu.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]