Feira de Santana: curso da Unamacs mostra alternativas de primeiros socorros em trilha ecológica

Curso sobre 'Primeiros Socorros em Trilha Ecológica' promovido pela Unamacs, em Feira de Santana.

Curso sobre ‘Primeiros Socorros em Trilha Ecológica’ promovido pela Unamacs, em Feira de Santana.

Há dois meses e meio, o atleta Ênio Paulo Oliveira sofreu um acidente fraturando a lombar enquanto praticava parapente – esporte ao ar livre – no distrito de São José, localizado no município de Feira de Santana. Os primeiros socorros prestados pelos amigos, ainda no local, foram fundamentais até a chegada do resgate.

“Eu precisei fazer um pouso forçado em meio à natureza e com isso, sofri um acidente. Por ser um local de difícil acesso, os primeiros atendimentos foram importantes e evitaram que eu tivesse maiores complicações”, afirmou ele, que é um dos fundadores da Associação Caatinga Trekkers.

Ainda se recuperando da cirurgia, na manhã desta sexta-feira (24/11/2017), Ênio Paulo participou do curso ‘Primeiros Socorros em Trilha Ecológica’, promovido pela Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável (Unamacs), localizada no Parque da Cidade Frei José Monteiro Sobrinho, no conjunto Feira VI.

O enfermeiro do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Robson Batista, que também é trilheiro, foi um dos palestrantes. De acordo com ele, os atletas de corrida e aventura – modalidades praticadas em meio à natureza – enfrentam alguns obstáculos, como cercas, montanhas, rios e a própria vegetação, o que os deixam expostos a alguns acidentes, a exemplo de fraturas, queimaduras, cortes e desmaios.

“Em caso de acidente, é importante que parte grupo preste o atendimento pré-hospitalar adequado à vítima, enquanto os outros acionam o serviço móvel de saúde. Os primeiros socorros podem evitar sequelas graves e até mesmo o óbito”, disse o palestrante.

Ele demonstrou na aula teórica alguns recursos que podem ser adaptados (e improvisados) no momento do socorro para substituir materiais convencionais, como talas, prancha e o colar cervical. “Na ausência desses equipamentos é possível usar um pedaço de pano ou um cinto para conter o sangramento, o papelão para imobilizar um membro, entre outros”, citou.

A bióloga da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), Érika Teles, falou da iniciativa da Unamacs em promover o curso ‘Primeiros Socorros em Trilha Ecológica’. “Tem crescido em nosso município o número de adeptos a essa modalidade esportiva. Por isso, ofertamos gratuitamente esse curso para que os atletas estejam cada vez mais preparados para enfrentar as diversas situações que possam ocorrer em locais que, geralmente, são de difícil acesso”, justificou.

O primeiro dia do curso contou, ainda, com a palestra do enfermeiro e professor, Sebastião Oliveira. As atividades prosseguiram até sábado, 25, na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) com a palestra da professora doutora Ilka Biondi sobre os animais peçonhentos, como identifica-los e socorrer a pessoa acidentada até o serviço de saúde.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]