+ Manchetes >

Feira de Santana: “A Bahia é o estado mais violento do Brasil”, lamenta vereador

Cadmiel Pereira: a Bahia é o estado mais violento do país com mais de 7.100 mortes violentas registradas em 2016.

Cadmiel Pereira: a Bahia é o estado mais violento do país com mais de 7.100 mortes violentas registradas em 2016.

Indignado com os dados divulgados nos veículos de comunicação da cidade, o vereador Cadmiel Pereira (PSC), durante discurso na tribuna da Casa Legislativa de Feira de Santana, na sessão desta terça-feira (31/10/2017) lamentou o caos enfrentado pela segurança pública no país e revelou preocupação com os índices crescentes da violência no município de Feira de Santana.

“O Brasil chegou à média de 61 mil assassinatos. A Bahia é o estado mais violento do país com mais de 7.100 mortes violentas registradas em 2016. A situação é de uma morte a cada sete minutos. Estamos encontrando a lástima na segurança pública do nosso Estado. O crescimento de 2015 para 2016 foi de 12,8% no número de morte intencional no Estado e em Feira de Santana encontramos os índices crescentes de violência”, informou.

Cadmiel abordou ainda a falta de investimento no setor. “A própria polícia não tem segurança para agir, não tem condições e equipamentos adequados para trabalhar. Não temos justiça, não temos julgamentos sérios e nem um Código Penal que traga penalidade devida para aqueles que cometem crimes. Repudio a falta de segurança pública que hoje enfrenta a Bahia”, criticou.

O vereador Alberto Nery (PT) reafirmou a deficiência do poder Judiciário como fator que contribui para o crescimento dos índices de criminalidade no Brasil. O vereador Marcos Lima (PRP) também fez coro aos discursos dos colegas Nery e Cadmiel. “Estamos diante de uma bomba atômica com mais de 61 mil pessoas assassinadas no nosso país. Esses números revelam que o Brasil não está no caminho certo. Os investimentos não estão acontecendo. Precisamos de medidas enérgicas”, destacou o vereador do PRP.

“A violência disparando e as autoridades não tomam providências”, critica vereador Marcos Lima

No uso da tribuna da Casa Legislativa, na sessão ordinária desta terça-feira (31), o vereador Marcos Lima (PRP) cobrou providências por parte das autoridades responsáveis no sentido de conter os índices crescentes de violência no Estado. O edil destacou a sanção da lei pelo presidente da República, Michel Temer, que torna crime hediondo o porte ilegal de arma de fogo de uso restrito das Forças Armadas e criticou o veto do presidente ao projeto de lei que previa liberação de porte de armas para agentes de trânsito.

“É preocupante a situação da segurança pública em nosso país, em nosso Estado e em nosso município. A violência disparando todo ano e as autoridades não tomam providências. Os investimentos não acontecem. Estamos sempre cobrando da polícia, do Governo, mas nossas cobranças não surtem efeito”, reclamou. O edil criticou a resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que determina a identificação do agente de trânsito responsável pela aplicação de multa.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]