Dia da Baiana de Acarajé é festejado com apoio da SECULT Bahia

Programação da SECULT Bahia presta homenagem ao ‘Dia Nacional da Baiana de Acarajé’.

Programação da SECULT Bahia presta homenagem ao ‘Dia Nacional da Baiana de Acarajé’.

No Dia Nacional da Baiana de Acarajé – 25 de novembro de 2017, como já é tradição, às 10h será realizada uma missa especial na Igreja de Nossa Senhora Rosário dos Pretos em homenagem à data. Após a missa, às 11h30, as baianas e demais participantes da missa seguirão em cortejo pelas ruas do Pelourinho com destino ao Memorial das Baianas, localizado no Monumento da Cruz Caída, em Salvador. O evento tem apoio da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA) através do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) e participação da Fundação Pedro Calmon (FPC).

Na ocasião, a Biblioteca Virtual Consuelo Pondé – vinculada à Fundação Pedro Calmon/SecultBA – fará a entrega do website “A Bahia tem Dendê” à Associação Nacional das Baianas de Acarajé, Mingau, Receptivos e Similares (ABAM). No evento que acontecerá no Pelourinho haverá, também, entrega de uma reportagem especial e pré-lançamento do minidocumentário sobre o ofício das baianas.

A reportagem especial Tabuleiro de Histórias ficará disponível nos sites da Biblioteca Virtual e da A Bahia tem Dendê. O material contém uma série de depoimentos da história de vida, dilemas, felicidades e desafios das Baianas de Acarajé de Salvador.

Além disso, ocorrerá o ato de entrega do projeto de lei que solicita o tombamento do ofício das baianas a nível municipal. O projeto é proposto pelo vereador Silvio Humberto e em breve entrará em votação na Câmara Municipal. Considerada símbolo histórico do estado da Bahia e do País, a Baiana de Acarajé já foi reconhecida como patrimônio cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 2005. Na Bahia, o Ofício da Baiana de Acarajé foi registrado pelo IPAC como patrimônio imaterial no Decreto Estadual nº 14.191/2012.

A Bahia tem Dendê – Em 2014 a Biblioteca Virtual Consuelo Pondé participou da 2ª Convocatória de Ayudas del Programa Iberoameticano de Bibliotecas Públicas – Iberbibliotecas e foi contemplada com recursos para desenvolver o projeto A Bahia tem dendê! – Acarajé, patrimônio nacional do Brasil.

Nesta primeira etapa do projeto, a Biblioteca desenvolveu o website com objetivo de compilar e difundir material sobre o ofício das baianas de acarajé com espaço para publicações de artigos, notícias, iconografia e cancioneiro. O projeto ainda incluiu realização de rodas de conversas sobre o tabuleiro da baiana e a cultura regional, e a criação e produção de um e-book  com artigos produzidos por especialistas no assunto.

Documentário – Como última parte do projeto, foi desenvolvido um documentário a partir de relatos de memórias das baianas que há décadas se dedicam ao ofício. Além de depoimentos das baianas, foram entrevistados pesquisadores e pessoas ligadas ao campo da cultura negra como os Professores Vilson Caetano, Lindinalva Barbosa e Cecília Soares, e o diretor-geral da Fundação Pedro Calmon, Zulu Araújo. O minidocumentário terá pré-lançamento durante o evento e ficará alocado no sítio da Biblioteca Virtual e d’A Bahia tem Dendê.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]