Deputado Jorge Solla exige retratação da Rede Globo e condena racismo expressado pelo jornalista William Waack

Jornalista William Waack expressa linguagem vulgar e preconceito étnico.

Jornalista William Waack expressa linguagem vulgar e preconceito étnico.

O deputado federal Jorge Solla (PT-BA) cobrou a Rede Globo para que faça uma retratação pública pela atitude do âncora de seu noticiário noturno, o jornalista William José Waack, que fez comentários racistas enquanto se arrumava para entrar no ar em estúdio em Washington (EUA). O vídeo, um bastidor, vazou na internet nesta quarta-feira (08/11/2017) e causou indignação da população brasileira. “Tá buzinando por quê, seu merda do cacete? Não vou nem falar, porque eu sei quem é… é preto. É coisa de preto!”, disse o apresentador.

“O que William Waack fez em nosso país é crime e se a Globo é uma empresa que zela pela audiência do público negro, precisa não só pedir desculpas, mas punir o seu empregado. Não dá para uma cabeça que está no século XIX ser o editor-chefe de um jornal em 2017. Não dá”, disse Solla, em publicação no seu Facebook.

“O povo baiano, que tem uma das maiores participações da população negra em nosso país, não pode permitir que uma postura dessa natureza possa prosperar. Inclusive o Heraldo Pereira, que compactua com o apresentador em questão nas posturas de apoio ao golpe, precisa saber se ele também compactua com as atitudes racistas deste senhor”, cobrou o parlamentar.

Confira vídeo

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]