Comandante é exonerada após PM ser preso com dinheiro dentro de batalhão no Rio de Janeiro

Reportagem do Jornal O Globo notícia afastamento da comandante Lovain.

Reportagem do Jornal O Globo notícia afastamento da comandante Lovain.

A comandante Cláudia Lovain, do 3º Comando de Policiamento de Área (CPA), em Mesquita, foi exonerada do cargo depois que um policial foi preso na sexta-feira (10/11/2017) em sua unidade, com envelopes contendo dinheiro. A informação foi divulgada sábado (11) pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, depois que o jornal O Dia noticiou a exoneração e informou que os envelopes continham R$ 18 mil.

“Diante da gravidade do fato, o Comando-Geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro decidiu exonerar a  Comandante do 3º CPA”, diz a nota divulgada pela Polícia Militar.

O policial que portava os envelopes foi preso em flagrante e encaminhado à Unidade Prisional da PM, em Niterói. Outro policial que o acompanhava foi preso administrativamente e ficará detido no próprio batalhão onde trabalha, o 20º BPM (Mesquita). O texto divulgado pela polícia não informa a identidade dos policiais detidos.

A Polícia Militar afirma que o fato vinha sendo investigado pela 3ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar que filmou o momento em que os policiais saíram de um prédio comercial e se dirigiram ao 3º CPA, unidade que comanda o policiamento na Baixada Fluminense e fica nas dependências do 20º batalhão. Dentro da unidade, eles foram abordados e detidos.

No mês passado, o comandante do 20º batalhão já havia sido exonerado, após uma investigação da corregedoria da Polícia Militar que apontou o envolvimento de policiais militares da Baixada com contraventores da região.

*Com informações da Agência Brasil.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]