Baía de Todos os Santos tem 76 horas sem roubo a ônibus

Baía de Todos os Santos tem 76 horas sem roubo a ônibus. Marca foi alcançada após Operação 'Vilibrardo' ser deflagrada pelo Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (GERRC).

Baía de Todos os Santos tem 76 horas sem roubo a ônibus. Marca foi alcançada após Operação ‘Vilibrardo’ ser deflagrada pelo Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (GERRC).

Após ser deflagrada pelo Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc), a operação Vilibrardo fez com que a Região Integrada de Segurança Pública (RISP) Baía de Todos os Santos, que compreende bairros como IAPI, São Caetano, Liberdade e o Subúrbio Ferroviário de Salvador, registrasse a marca de 76 horas sem assaltos a ônibus.

A operação, batizada de São Vilibrardo, que dedicou a vida à conversão de fies e é celebrado no dia 7, data de início da operação, consistiu numa sequência programada de abordagens nos pontos de ônibus da região, por equipes da unidade.

De acordo com o titular do Gerrc, delegado José Nélis, a ação foi baseada em levantamento da Superintendência de Gestão Integrada da Ação Policial da Secretaria da Segurança Pública (SIAP/SSP).

“Em cima desse plano de intensidade e incidência de roubos na região, que representa mais de 40% dos casos em Salvador e RMS, fizemos uma sequência de abordagens, em determinado período de tempo, com nossas viaturas descaracterizadas”, explicou Nélis.

Ainda segundo ele, a marca só foi quebrada no final da tarde desta sexta-feira (10/11/2017), quando uma das equipes da unidade prendeu Iran Evangelista dos Santos, no hospital Ernesto Simões, onde foi procurar atendimento médico após ser baleado durante um assalto na avenida San Martin.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]