Vereadora denuncia cobrança indevida no transporte alternativo na zona rural de Feira de Santana

Aldney Bastos (Neinha): essa cobrança é um desrespeito aos pais e mães de família que sobrevivem da roça.

Aldney Bastos (Neinha): essa cobrança é um desrespeito aos pais e mães de família que sobrevivem da roça.

A vereadora Aldney Bastos (Neinha, PTB), em pronunciamento na tribuna da Casa Legislativa de Feira de Santana na sessão desta segunda-feira (09/10/2017) denunciou a cobrança abusiva no valor da passagem no transporte coletivo do distrito de Bonfim de Feira. De acordo com a edil, os passageiros estão sendo obrigados a pagar R$ 8 para se deslocarem da zona rural para a sede do município, enquanto o valor estabelecido é de R$ 4,10.

“Recebi diversas informações de que a empresa que faz a linha para o distrito está cobrando um absurdo para os moradores poderem usar o transporte. Isso é um verdadeiro abuso. Peço ao secretário de Transporte que designe uma equipe para fiscalizar essa prática. Essa cobrança é um desrespeito aos pais e mães de família que sobrevivem da roça e não têm condições de pagar esse absurdo”, reclamou.

Na oportunidade, a vereadora criticou a redução da quantidade de vagas ofertadas na licitação para regulamentação do transporte de vans no município. A edil também voltou a cobrar a implantação de um novo hospital para atender a demanda de pacientes de Feira de Santana e região. “Não tenho nada contra o diretor do Hospital Clériston Andrade, tenho contra a realidade da saúde pública em Feira de Santana”, concluiu.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]