Vereador parabeniza ação social e audiência pública realizada pela Câmara Municipal de Feira de Santana

João dos Santos (João Bililiu): no programa há erros que precisam ser corrigidos.

João dos Santos (João Bililiu): no programa há erros que precisam ser corrigidos.

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta segunda-feira (30/10/2017), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador João dos Santos (João Bililiu, PPS) parabenizou idealizadora de ação social e o colega Roberto Tourinho (PV) pela realização da audiência pública que discutiu o programa habitacional Minha Casa Minha Vida, na última sexta-feira (27), no plenário da Casa Legislativa.

“Quero parabenizar a advogada Fabiana Machado pela realização do Festival de Pizza, na última sexta-feira (27), em prol do projeto social ‘Versos de Mulher’. Foi um belíssimo evento, parabéns doutora”, afirmou.

João Bililiu parabenizou também o vereador Roberto Tourinho (PV) pela realização de uma audiência pública na última sexta-feira (27), no plenário da Câmara, onde foi debatida irregularidades no programa habitacional Minha Casa Minha Vida em Feira de Santana. “Parabéns Tourinho por vestir a camisa em prol dos necessitados que anseiam por uma casa do programa Minha Casa Minha Vida. O que foi dito aqui naquela audiência foi de extrema importância; no programa há erros que precisam ser corrigidos. São erros provocados pela ganância financeira de alguns, que talvez nem seja naturais de Feira de Santana”, pontuou.

E continuou a tratar sobre as irregularidades do programa. “Essas pessoas que conseguiram os imóveis de forma irregular, principalmente com intuito de comercializar, devem ser penalizados. Parabéns Tourinho pelo seu jeito transparente de agir e espero que as autoridades competentes tenham atenção com essa situação e dê a César o que é de César”, disse.

Em aparte, o edil Roberto Tourinho agradeceu as palavras de Bililiu e ressaltou que foi constatado em Feira de Santana cerca de 5 mil unidades em desvio social. “Feira de Santana já recebeu mais de 48 mil unidades e ainda há cerca de 50 mil inscritos no programa só em Feira de Santana. Não é correto que 50 mil famílias estejam no aguardo de suas casas enquanto cerca de 2 mil estão fechadas e na média de 5 mil em desvio social. Esse é o motivo pelo qual estamos confiantes de que o Ministério Público, a Caixa Econômica Federal e a Secretaria de Habitação retomem, o mais rápido, as unidades em situação irregular”, observou.

Para finalizar, Bililiu acredita que com as ações do MP os culpados vão pagar pelos erros.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]