Vereador critica redução de vagas para o transporte alternativo no município de Feira de Santana

Fabiano Nascimento (Fabiano da Van): isso é um absurdo, não é justo essa perseguição que o alternativo sem sofrendo.

Fabiano Nascimento (Fabiano da Van): isso é um absurdo, não é justo essa perseguição que o alternativo sem sofrendo.

No uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana na sessão ordinária desta segunda-feira (09/10/2017), o vereador Fabiano Nascimento de Souza (Fabiano da Van, PPS) criticou a redução do número de vagas que serão disponibilizadas no processo licitatório para legalização do serviço de transporte alternativo do município. Segundo o edil, atualmente 209 veículos atuam no sistema e serão disponibilizadas apenas 105 vagas na licitação, o que implicará prejuízos para a categoria.

“Trabalho há 22 anos no sistema e confesso que fui surpreendido com essa licitação oferecendo apenas 105 vagas. Isso é um absurdo, não é justo essa perseguição que o alternativo sem sofrendo. Somos a classe mais sofrida no sistema de transporte de Feira. Espero que o prefeito reveja essa decisão”, declarou.

O vereador Marcos Lima (PRP) destacou a importância da realização do processo licitatório para regularização do serviço e concordou que o número de vagas ofertadas é insuficiente. “´É preciso que o prefeito reveja o número de vagas, para que os pais e mães de família que trabalham no sistema de transporte alternativo não fiquem desempregados”, considerou.

O vereador Edvaldo Lima (PP) parabenizou o colega Fabiano da Van pelo discurso e lembrou que desde 2013 apoia a categoria. “A licitação é necessária, mas é mais que justo que se defendam esses trabalhadores que já atuam no sistema”, afirmou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]