STJ torna réu conselheiro do TCE paulista por envolvimento no caso Alstom

Fachada do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu tornar réu e afastar do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) o conselheiro Robson Marinho.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu na quarta-feira (18/10/2017) tornar réu e afastar do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) o conselheiro Robson Marinho. Ele é acusado de corrupção passiva qualificada e lavagem de capitais na investigação conhecida como “caso Alstom”.

De acordo com a decisão do STJ, ele permanecerá afastado até o fim da instrução do processo, “por incompatibilidade absoluta do exercício do cargo com a natureza dos crimes apontados”.

Robson Marinho foi secretário da Casa Civil do Estado de São Paulo no período de 1995 a 1997 e é conselheiro do TCE desde abril de 1997.

Marinho é acusado de ter recebido cerca de US$ 3 milhões em propinas da multinacional francesa Alstom entre os anos de 1998 e 2005. O valor foi depositado em uma conta na Suíça no nome de uma empresa offshore.

Segundo o Ministério Público, o conselheiro recebeu propina da Alstom para favorecê-la em um aditivo do projeto Gisel, da Eletropaulo, companhia paulista da área de energia elétrica.

*Com informações da Agência Brasil.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]