+ Manchetes >

Segundo debate sobre 100 Anos da Revolução Russa aborda ‘A Experiência do Socialismo Soviético’; evento ocorre no campus da UFRB, em Cachoeira

‘A Experiência do Socialismo Soviético’ é o segundo tema do ‘Ciclo de Debates: 100 anos da Revolução Russa’. Evento ocorre no campus da UFRB, em Cachoeira.

‘A Experiência do Socialismo Soviético’ é o segundo tema do ‘Ciclo de Debates: 100 anos da Revolução Russa’. Evento ocorre no campus da UFRB, em Cachoeira.

A segunda edição do ‘Ciclo de Debates: 100 anos da Revolução Russa’ aborda o tema ‘A Experiência do Socialismo Soviético’. A atividade ocorre no dia 19 de outubro de 2017 (quinta-feira), das 15 às 19 horas, no Auditório do Centro de Artes Humanidades e Letras (CAHL) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em Cachoeira.

O segundo debate é mediado pelo professor Doutor Nilson Weisheimer, participam como palestrantes José Ricardo Moreno Pinho (UNEB), abordando o tema ‘Um balanço da experiência soviética’; Dijacira Maria de Oliveira, pedagoga; abordando o tema ‘A contribuição da pedagogia socialista para o MST’’; e Haroldo Lima, engenheiro, comentando sobre ‘As lições do socialismo soviético e a luta do momento’.

O ‘Ciclo de Debates’ é coordenado pelos professores do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais (PPGCS) da UFRB Nilson Weisheimer e Antônio Eduardo Alves e foi divido em três edições. O primeiro debate abordou o tema ‘A Revolução Russa de 1917: legados e lições’ e ocorreu no dia 9 de agosto de 2017. O próximo debate ocorre em 26 de outubro de 2017 e aborda ‘Atual Crise do Capitalismo e a Nova Luta pelo Socialismo’.

Estrutura do evento

Sobre a realização do ‘Ciclo de Debates’, o professor Nilson Weisheimer afirma que ele “possibilita um importante espaço para análise crítica e compreensão aprofundada sobre esse fato histórico (politico, econômico e social). Trará como efeito, ainda, a possibilidade de uma formação extracurricular aos interessados no tema.

Nilson Weisheimer explica que os eventos foram subdivididos em três debates, que formam um ciclo. O primeiro debate aborda ‘A Revolução Russa de 1917: legados e lições’; o segundo debate aborda ‘A Experiência do Socialismo Soviético’ e, concluindo o ciclo, ocorre o terceiro debate com o tema ‘Atual Crise do Capitalismo e a Nova Luta pelo Socialismo’.

“Para cada etapa do ciclo de debates foram convidadas destacadas personalidades acadêmicas e atores políticos, com a finalidade de abordar de diferentes ângulos os temas propostos”, comentou Nilson Weisheimer.

O pesquisador Antônio Eduardo Alves conclui a abordagem inferindo que “o evento é de extensão universitária com certificado, e que foi organizado de forma que “a sistematização dos debates realizados permita a organização de uma futura publicação, reunindo os textos apresentados pelos debatedores, como um subproduto do evento proposto”.

Perfil dos palestrantes 

Um dos destaques do segundo debate sobre 100 Anos da Revolução Russa é a diversidade de formação dos palestrantes, conforme observa-se a seguir:

José Ricardo Moreno Pinho é Licenciado em História pela Universidade Federal da Bahia (1997), Mestre em História pela Universidade Federal da Bahia (2001) e Doutor em História pela Universidade Federal Fluminense (2015). Atualmente é professor da Universidade do Estado da Bahia. Tendo sido Assessor da Reitoria e Secretário de Articulação Interinstitucional. Tem experiência na área de História, com ênfase em História da África, do Brasil e da Bahia. Atuando principalmente nos seguintes temas: educação, história portuária, abastecimento, Salvador, médio São Francisco, afrodescendentes e escravidão.

Djacira Maria de Oliveira Araujo é membro suplente do Fórum Nacional de Educação (FNE) como integrante da Representação Social do Campo. No FNE, ela ocupa a cadeira do Movimento dos Sem Terra (MST). Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia (2001). Especialista em estudos latino americanos pela UFJF (2005). Educadora. Mestre em Educação pela UFBA (2011): linha Educação e Diversidade. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação do Campo, atuando principalmente nos seguintes temas: gênero, movimentos sociais, classe social, memória e trabalhadora rural.

Haroldo Borges Rodrigues Lima é engenheiro, ex-deputado federal (PCdoB), ex-presidente da Agencia Nacional do Petróleo (ANP), autor de diversos livros, membro do Comitê Central da Direção Nacional do PCdoB.

Perfil dos coordenadores

Nilson Weisheimer é doutor em Sociologia pela UFRGS, Pós-Doutor em Sociologia pela USP, professor adjunto da UFRB; professor permanente do programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdade e Desenvolvimento (PPGCS/UFRB); líder dos grupos de pesquisas Núcleo de Estudos em Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural (NEAF/UFRB) e Observatório Social da Juventude (OSJ/UFRB). Vencedor so Prêmio capes de Teses em Sociologia – 2010.

Antônio Eduardo Alves Oliveira é doutor em Ciências Sociais pela UFBA; com pesquisa realizada através da Foundation Nationale Des Sciences Politiques( Sciences PO-Paris), professor adjunto da UFRB; e professor permanente do programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdade e Desenvolvimento (PPGCS/UFRB).

Agenda

‘Ciclo de Debates: 100 anos da Revolução Russa’

Debate 2: ‘A Experiência do Socialismo Soviético’

Data: 19 de outubro de 2017 (quinta-feira) | Horário: das 15:00 às 19 horas

Local: Auditório do Centro de Artes Humanidades e Letras (CAHL) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)

Endereço: Rua Maestro Irineu Sacramento, S/N  | Bairro Centro

Cachoeira | Bahia | Brasil | CEP: 44300-000

Página do evento: https://www.facebook.com/100RRCAHLUFRB

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Nilson Weisheimer
Doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS – 2009), Pós-Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP – 2015), professor adjunto da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS/UFRB), líder dos Grupos de Pesquisa do CNPq: Núcleo de Estudos em Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural (NEAF/UFRB) e Observatório Social da Juventude (OSJ/UFRB), e vencedor do Prêmio CAPES de Teses em Sociologia 2010.