Rio de Janeiro: Turista espanhola é morta por policiais na Rocinha

Operação de segurança contra confrontos entre traficantes na favela da Rocinha.

Operação de segurança contra confrontos entre traficantes na favela da Rocinha.

Identificada como Maria Esperanza Ruiz Jimenez, de 67 anos, a turista espanhola morta a tiro na favela da Rocinha, zona sul do Rio de Janeiro. O carro ocupado pela vítima tentou passar por um bloqueio feito pela Polícia Militar no Largo do Boiadeiro, e não obedeceu a ordem de parar.

A PM informou, em nota, que por volta das 10h30 um veículo Fiat Fremont rompeu o bloqueio policial no Largo do Boiadeiro. Houve reação da guarnição, atingindo o veículo. Durante a abordagem, verificou-se que se tratava de um veículo para transporte de turistas. Uma mulher espanhola ferida foi socorrida ao Hospital Miguel Couto, mas não resistiu. No carro, viajavam ainda outros turistas que estavam a passeio para visitar a comunidade.

A Secretaria de Segurança informou que lamenta a morte da turista espanhola e que está acompanhando a investigação da Corregedoria da Polícia Militar e da Divisão de Homicídios da Polícia Civil.

A PM informou, ainda, que uma hora mais cedo, por volta das 9h30, policiais militares do Batalhão de Polícia de Choque entraram em confronto com criminosos em duas localidades da Rocinha, no lugar conhecido como 199 e também na Rua 1. Dois policiais foram feridos e encaminhados ao Hospital Miguel Couto. Uma pistola automática Glock com kit rajada foi apreendida nesse confronto. Um criminoso conhecido como Meteoro foi ferido e socorrido ao mesmo hospital.

Polícia Civil fará perícia em carro em que estava turista morta por tiro da PM

O carro em que estava a turista espanhola Maria Esperanza Ruiz Jimenez, de 67 anos, morta hoje (23) vítima de um tiro disparado pela Polícia Militar, passará por perícia da Polícia Civil. O veículo está no Hospital Miguel Couto, na Gávea, para onde a vítima chegou a ser levada, mas já sem vida.

De acordo com a PM, o carro de turismo em que a espanhola estava furou um bloqueio policial e recebeu tiros. Um deles atingiu a mulher, que viajava no banco traseiro junto com um turista italiano e mais dois espanhóis que iriam fazer um passeio na favela da Rocinha.

Equipes policiais estão ouvindo depoimentos do motorista do carro e de outras pessoas. Os PMs que participavam da blitz no Largo do Boiadeiro também vão ser ouvidos pela Polícia Civil.

Segundo o titular da Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro, delegado Fábio Cardoso, sua equipe está trabalhando em conjunto com a Delegacia de Apoio ao Turista.

O Consulado da Espanha no Rio de Janeiro informou que está acompanhando o trabalho de investigação e prestando apoio às famílias da vítima e dos outros dois turistas espanhóis que também viajavam no carro. Ainda não há informações sobre a liberação do corpo e há quanto tempo a turista estava no Rio.

Turista espanhola é morta por policiais na Rocinha

Uma turista espanhola morreu na manhã de hoje (23/10/2017) ao ser atingida por tiros disparados por policiais militares na Rocinha, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Militar, ela estava em um carro de transporte de turistas que furou um bloqueio policial no Largo do Boiadeiro, por volta das 10h30, e foi, por isso, alvejado pelos agentes.

Segundo a Polícia Militar, a mulher foi levada para o Hospital Municipal Miguel Couto, mas não resistiu aos ferimentos. A Corregedoria da Polícia Militar está apurando o caso.

Mais cedo, por volta das 9h30, dois policiais militares do Batalhão de Choque ficaram feridos durante um tiroteio com criminosos na comunidade. Um homem, que, segundo a Polícia Militar, estava envolvido na troca de tiros também ficou ferido. Os três foram levados para o Miguel Couto.

Troca de tiros entre PMs e criminosos deixa três feridos na favela da Rocinha

Uma troca de tiros entre policiais e criminosos armados deixou três feridos na manhã de hoje (23) na comunidade da Rocinha, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Entre os feridos, estão dois policiais militares do Batalhão de Choque.

Segundo informações do Batalhão de Choque, divulgadas pela assessoria de imprensa da Polícia Militar, os policiais patrulhavam as localidades 199 e Rua 1, quando entraram em confronto com os criminosos.

Um terceiro homem também foi baleado no confronto. De acordo com a Polícia Militar, ele estava envolvido no tiroteio que vitimou os dois policiais. Os três foram encaminhados para o Hospital Municipal Miguel Couto, que fica próximo à Rocinha.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]