+ Manchetes >

Governador Rui Costa lamenta morte da ex-primeira-dama do Estado Arlette Maron Magalhães

Arlette Maron Magalhães faleceu aos 86 anos.

Arlette Maron Magalhães faleceu aos 86 anos.

Morreu na manhã deste sábado (07/10/2017), no Hospital Cardio-Pulmonar, em Salvador, aos 86 anos, Arlette Maron Magalhães. Viúva do senador Antônio Carlos Peixoto de Magalhães (Salvador, 4 de setembro de 1927 — São Paulo, 20 de julho de 2007), ela foi hospitalizada na última quarta-feira (4), após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O sepultamento ocorreu no Cemitério Campo Santo. Antes do sepultamento foi celebrada missa de despedida na capela do cemitério.

Perfil

Filha de imigrantes libaneses que desembarcaram no Sul da Bahia no início do século XX, Arlette Magalhães nasceu em Itabuna no dia 15 de novembro de 1931. Para aprofundar os estudos, veio morar em Salvador, onde conheceu o futuro marido, ainda estudante da Faculdade de Medicina da UFBA. Ela teve quatro filhos, Antonio Carlos Júnior, presidente da Rede Bahia, Teresa, Ana Lúcia e Luis Eduardo; oito netos e 13 bisnetos em um casamento que durou 55 anos.

Primeira dama do estado por três vezes, dona Arlette Magalhães atuou como presidente das Voluntárias Sociais da Bahia e participou de diversas ações sociais. Em Salvador, ela foi presidente do Instituto Antônio Carlos Magalhães (ACM) desde a inauguração, em 2010.

Homenagem póstuma 

Governador Rui Costa lamenta morte da ex-primeira-dama do Estado Arlette Maron Magalhães

Cumprindo agenda no interior do estado, na manhã deste sábado (07/09/2017), o governador Rui Costa se manifestou, por meio de seu perfil oficial no Facebook, sobre o falecimento de Arlette Maron Magalhães, viúva do ex-senador e ex-governador da Bahia, Antônio Carlos Magalhães.

“Soube do falecimento de dona Arlette, na minha chegada aqui na cidade de Sítio do Quinto. Meus sentimentos aos familiares e amigos da ex-primeira-dama do Estado. Que Deus conforte todos nesse momento de dor”, declarou Rui Costa.

Bancada de Oposição na Assembleia presta solidariedade ao prefeito e a família Magalhães pela morte de D. Arlete

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia se solidariza com a família Magalhães e com o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) pelo falecimento de Arlete Maron Magalhães, na manhã de hoje (07/10) aos 86 anos.  Em nome da Bancada, o líder, deputado estadual Leur Lomanto Jr. (PMDB), enfatizou a história de dedicação a família e amor ao trabalho social de D. Arlete, com destaque para a sua atuação a frente das Voluntárias Sociais da Bahia, enquanto primeira dama do estado.

“Lamentamos esse momento de tristeza e nos solidarizamos com os familiares, amigos e entes queridos de D. Arlete. Que a dor da perda seja substituída pela imensa saudade e pelas boas lembranças daquela que soube conduzir a vida com ética, amor e serviço ao próximo”, afirmou o líder.  D. Arlete era viúva do falecido senador Antônio Carlos Magalhães e avó do prefeito ACM Neto. O sepultamento está marcado para as 17 h deste sábado no cemitério do Campo Santo, na capital baiana.

Prefeito de Salvador lamenta

Por meio de nota, o prefeito de Salvador ACM Neto falou sobre o luto familiar. “É um momento de dor para toda a família e para aqueles que conviviam com dona Arlette. Perdi uma avó dedicada, uma amiga e grande conselheira”, lamentou.

Deputado lamenta morte de Arllete Magalhães

O deputado estadual Alex Lima (Podemos) usou as redes sociais para lamentar a morte da viúva do ex-senador Antonio Carlos Magalhães, Dona Arletle Magalhães. “Fomos surpreendidos por esta triste notícia e eu deixo meus sentimentos pelo falecimento das ex primeira dama do Estado da Bahia. Que Deus conforte os seus familiares e conceda descanso eterno para Dona Arlete”, disse o deputado.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]