Feira de Santana: vereadora Cíntia Machado apresenta dados da violência na Bahia e pede solução

Cíntia Machado: segundo o IPEA, a Bahia é o segundo Estado que mais pratica violência contra a mulher, perdendo apenas para o Espírito Santo.

Cíntia Machado: segundo o IPEA, a Bahia é o segundo Estado que mais pratica violência contra a mulher, perdendo apenas para o Espírito Santo.

Na sessão ordinária desta terça-feira (24/10/2017), na Casa Legislativa de Feira de Santana, vereadora Cíntia Machado (PMB) apresentou dados de pesquisas que comparam a Bahia a países em guerra, quando se fala em violência. A edil disse lamentar muito a situação e pediu mais empenho do Governo do Estado para reduzir o índice de violência no Estado.

“Anotei alguns dados oferecidos pelo Ministério da Justiça. Segundo ele, o maior índice de violência está nas regiões Norte e Nordeste do país, sendo que a Bahia é o estado mais violento do Nordeste, foi inclusive comparado a países em guerra a exemplo da República do Congo. Porém, o Governador Rui Costa, ao invés de se preocupar com a violência, fica preocupado em perseguir um delegado experiente como João Uzzum. A Bahia está liderando o uso de arma de fogo, mortes violentas, além do feminicídio”, relatou Cíntia.

A edil passou a questionar o papel do Governo do Estado, bem como da Secretaria Estadual de Segurança Pública diante desses dados. “Cadê o Governo do Estado e a preocupação com a Bahia. Hoje recebei de um amigo a mensagem de que prefere andar em Copacabana, Leblon no Rio de Janeiro, sem celular, a andar no Pelourinho; isso por conta da violência. Isso nos leva a refletir e falo aqui sem lado político, estou falando de vidas. É um absurdo saber que 52% dos homicídios no país são praticados na Bahia. E perguntou: o que o Governo do Estado e Secretaria Estadual de Segurança Pública estão fazendo em relação a isso”, questionou.

Cíntia apresentou também dados de outras fontes. “A Bahia também lidera as denúncias de violência contra a criança e que a Bahia é um Estado perigoso para as mulheres. Segundo o IPEA, a Bahia é o segundo Estado que mais pratica violência contra a mulher, perdendo apenas para o Espírito Santo. No Datafolha, 1 em cada 3 mulheres concordam que a mulher é vítima de estupro porque usam roupas curtas e 9 a cada 10 dizem temer ser violentada. Onde vamos parar com isso? É grave”, avaliou a edil.

Para finalizar, Cíntia clamou que o governador e Secretaria de Segurança Pública adotem medidas para solucionar este problema. “Tentem resolver a violência da Bahia. Temos bons policiais, mas eles não têm boas condições de trabalho e estrutura. Conheço alguns que dão o sangue para manter a segurança, porém estão trabalhando no administrativo; tudo por causa de política”, finalizou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]