Feira de Santana: clientes e feirantes recebem orientações gratuitas de nutrição na Estação Nova

Alunos da UNIFACS participam de projeto educacional comunitário.

Alunos da UNIFACS participam de projeto educacional comunitário.

Escolha de frutas, verduras e legumes, melhor aproveitamento de alimentos, receitas funcionais e higienização correta são alguns dos fatores que podem contribuir para a melhora da alimentação, garantindo hábitos mais saudáveis. Estas e outras orientações serão oferecidas para clientes e feirantes durante este final de semana, dias 14 e 15 de outubro de 2017, das 9h às 12h, no Feirinha da Estação Nova, em Feira de Santana.

A ação é parte do Programa de Integração Social da Unifacs – INTEGRA e será desenvolvida em parceria com a Secretaria Municipal de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec) e a Associação dos Feirantes da Estação Nova (Afen). Professores e estudantes do curso de Nutrição da instituição que integram a equipe que Saúde do programa participam do mutirão que pretende atender a mais de 200 pessoas nos dois dias de atividades.

O objetivo, segundo a professora Kesia Magalhães, que coordena o programa, é potencializar as vendas na feira ao mesmo tempo em que se presta um serviço à população com dicas sobre nutrição e saúde. “A equipe oferecerá esclarecimentos acerca dos alimentos vendidos na feira, suas propriedades, forma de preparo e manuseio, além de distribuir folders com receitas saudáveis”, explica.

Saúde na Feira

Com o intuito de prevenir doenças como hipertensão, diabetes, obesidade a equipe de Saúde do INTEGRA realizou no último final de semana (dias 6 e 7) uma série de avaliações preventivas e ações educativas. Cerca de 30 feirantes e seus familiares receberam atendimento. Entre os serviços oferecidos estavam aferição de pressão arterial, avaliação física e antropométrica e diagnóstico nutricional. A ação contou com apoio dos professores Jociene Oliveira, Alan Nery e Bruno de Medeiros.

Programa INTEGRA

O INTEGRA promove um conjunto de ações acadêmicas interdisciplinares para o exercício do direito social ao trabalho por indivíduos que estão em situação de desemprego e também por aqueles exercem o trabalho na Feira da Estação Nova e tem como fonte de subsistência a economia regional hortifrutigranjeira e a agricultura familiar. O programa oferece capacitação profissional, educação legal e ambiental na manipulação de alimentos para comercialização ao consumidor final, incentivo ao micro empreendedorismo e fortalecimento da relação campo/cidade, feirantes/clientes, contribuindo para aumento das vendas e formação de um referencial de preservação da cultura regional e sertaneja de frequência às feiras livres. O programa se desenvolve em parceria com a Settdec, por meio da Política Pública Municipal denominada INTEGRA-FEIRANTE e a Associação de Feirantes da Estação Nova-AFEN.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).