Confira lista de deputados da Bahia que votaram contra investigação por formação de organização criminosa envolvendo Michel Temer; liderados de ACM Neto apoiaram presidente e ficaram contra a Lava Jato

Parlamentares liderados do governador Rui Costa (PT) votaram a favor da investigação criminal presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. Liderados de ACM Neto (DEM) votaram impedido que justiça julgue criminalmente os políticos do PMDB. Depois do apoio ao Golpe Parlamentar de 2016, o escárnio com a população da Bahia.

Parlamentares liderados do governador Rui Costa (PT) votaram a favor da investigação criminal da PGR contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. Liderados de ACM Neto (DEM) votaram impedido que justiça julgue criminalmente os políticos do PMDB. Depois do apoio ao Golpe Parlamentar de 2016, o escárnio com a população da Bahia.

O Plenário da Câmara dos Deputados recusou nesta quarta-feira (25/10/2017) a autorização (SIP 2/17) para o Supremo Tribunal Federal (STF) processar, por crime comum, o presidente da República, Michel Temer, e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral). Com 251 votos a 233, o Plenário acompanhou o relatório da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), de autoria do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG). O pedido de autorização irá ao arquivo.

Dos 38 deputados que votaram pelo Estado da Bahia, 21 parlamentares votaram contra o relatório da CCJ, por tanto, a favor da investigação criminal envolvendo os políticos do PMDB, presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco; 14 votaram a favor do relatório da CCJ e 3 se ausentaram. Observa-se que neste tipo de votação a ausência conta como voto favorável aos três políticos denunciados pela Procuradora-Geral da República (PGR).

Analisando os dados da votação, infere-se que os parlamentares da base do Governo Rui Costa (PT) votaram pela investigação criminal dos denunciados, à exceção dos deputados do PP, enquanto os parlamentares liderados por ACM Neto (DEM) votaram a favor de Michel Temer, por tanto, contra a investigação da força-tarefa do Caso Lava Jato.

Confira votação da Bahia

Afonso Florence PT Não

Alice Portugal PCdoB Não

Antonio Brito PSD Não

Antonio Imbassahy PSDB Sim

Arthur Oliveira Maia PPS Sim

Bacelar Podemos Não

Bebeto PSB Não

Benito Gama PTB (Bloco PtbProsPsl) Sim

Cacá Leão PP (Bloco PpAvante) Sim

Luis Caetano PT Não

Claudio Cajado DEM Sim

Daniel Almeida PCdoB Não

Davidson Magalhães PCdoB Não

Elmar Nascimento DEM Sim

Erivelton Santana PEN Ausente

Félix Mendonça Júnior PDT Não

Fernando Torres PSD Não

Irmão Lazaro PSC Não

João Carlos Bacelar PR Sim

João Gualberto PSDB Não

Jorge Solla PT Não

José Carlos Aleluia DEM Sim

José Carlos Araújo PR Ausente

José Nunes PSD Não

José Rocha PR Sim

Jutahy Junior PSDB Não

Lucio Vieira Lima PMDB Sim

Márcio Marinho PRB Ausente

Mário Negromonte Jr PP (Bloco PpAvante) Sim

Nelson Pellegrino PT Não

Paulo Azi DEM Sim

Paulo Magalhães PSD Não

Roberto Britto PP (Bloco PpAvante) Sim

Ronaldo Carletto PP (Bloco PpAvante) Sim

Sérgio Brito PSD Não

Uldurico Junior PV Não

Valmir Assunção PT Não

Waldenor Pereira PT Não

Total de votos dos deputados eleitos pelo Estado da Bahia: 38

Baixe

Lista de votação da Câmara dos Deputados sobre investigação por formação de organização criminosa envolvendo Michel Temer 

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]