“Com o rouba, mas faz dos verdadeiros marginais. São chamados de Doutor e Vossa Excelência”, canta Gabriel O Pensador em ‘Tô Feliz (Matei o Presidente) 2’

Gabriel Contino (Gabriel O Pensador): mas aqui a gente peca por excesso de paciência. Com o rouba, mas faz dos verdadeiros marginais. São chamados de Doutor e Vossa Excelência.

Gabriel Contino (Gabriel O Pensador): mas aqui a gente peca por excesso de paciência. Com o rouba, mas faz dos verdadeiros marginais. São chamados de Doutor e Vossa Excelência.

O compósito e cantor Gabriel Contino (Gabriel, o Pensador) lança musica ‘Tô Feliz (Matei o Presidente) 2’. A obra artística é uma veemente crítica ao Governo Temer e os apoiadores que usurparam a República. Confira trecho:

“[…] A criminalidade toma conta da minha mente

Achei que não teria que fazê-lo novamente

Mas tenho pesadelos recorrentes, o Temer na minha frente

E eu cantando: Tô feliz, matei o presidente […]

[…] Que é isso?! Eu sou da paz, detesto arma de fogo

Deve ter outro jeito de o Brasil virar o jogo

Que nada, Pensador! Vai lá e não deixa ninguém vivo

Se é contra arma de fogo, vai no estilo dos nativos

Invade a Câmara e pega os sacanas distraídos

Com veneno na zarabatana, bem no pé do ouvido

Em nome da Amazônia desmatada

Leva um arco e muitas flechas e finca uma no coração de cada

Cambada de demônio; demorou, manda pro inferno

Já tão todos de terno, e pro enterro vai facilitar

Envia pro capeta com as maletas de dinheiro sujo

De sangue de tantos brasileiros e vamos cantar

Hoje eu tô feliz, hoje eu tô feliz

Hoje eu tô feliz, matei o presidente  […]

[…] Hoje, estar feliz é uma ilusão

E é o povo desunido que se mata por partido

Sem razão e sem noção

Chamando políticos ridículos de mito

E às vezes nem acredito num futuro mais bonito

Quando o grito é sufocado pelo crime organizado instituído

Que censura, tortura e fatura em cima da desgraça

Mas, no fundo, ainda creio no poder da massa

Nossa voz tomando as praças, encurtando as diferenças

Recompondo essa bagaça, quero é recompensa

O Pensador é contra violência

Mas aqui a gente peca por excesso de paciência

Com o rouba, mas faz dos verdadeiros marginais

São chamados de Doutor e Vossa Excelência […]”

Confira vídeo

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).