Agentes vão visitar mais de cinco mil imóveis fechados no combate ao mosquito da dengue em Feira de Santana

Agentes da Vigilância Epidemiológica de Feira de Santana realizam visitas para identificar focos de proliferação do mosquito da dengue.

Agentes da Vigilância Epidemiológica de Feira de Santana realizam visitas para identificar focos de proliferação do mosquito da dengue.

O combate ao mosquito aedes aegypti em Feira de Santana tem sido feito constantemente pela Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica (Viep). Além das ações rotineiras, com visitas casa a casa para identificar possíveis focos de proliferação do mosquito, os agentes de endemias – equipe de bloqueio – também têm trabalhado aos finais de semana.

O objetivo é localizar os proprietários em seus domicílios, reduzindo as pendências. Conforme dados da Viep ainda há 5.249 imóveis pendentes de um total de doze mil. Ou seja, são aqueles em que os agentes encontraram as residências fechadas.

“Estamos trabalhando de domingo a domingo para reduzir esses números. Esse esforço tem dado resultado positivo, uma vez que, no início do ciclo estávamos com uma pendência de quase doze mil imóveis”, afirma Edilson Matos, coordenador de Endemias.

Ele explica que cada ciclo compreende ao período de dois meses, nos quais devem ser visitados 80% dos imóveis. Adilson Matos acrescenta que o trabalho aos finais de semana está concentrado nos bairros Muchila, Viveiros, Sobradinho, Mangabeira, Campo do Gado Novo, Jardim Acácia, Feira X, entre outros.

Aos sábados e domingos, os agentes de endemias também atendem as denúncias que chegam à SMS, através do Disque Dengue (0800- 284.66.56). “Nas áreas onde são detectados focos do mosquito realizamos o bloqueio com uso da máquina costal motorizada (fumacê)”, afirma.

Além disso, os agentes de endemias fazem o trabalho focal, que consiste em identificar o foco, eliminando-o mecanicamente ou fazendo uso de larvicida.

Semana de Mobilização

Até o dia 27 de outubro de 2017, a SMS promove a Semana de Mobilização em Combate ao Aedes Aegypti com a realização de ações educativas. A iniciativa, idealizada pelo Ministério da Saúde, tem como objetivo alertar a população sobre os riscos causados pela proliferação do mosquito transmissor das doenças Dengue, Zika e Chikungunya.

A programação nesta quinta-feira, 26, ocorre na Escola Municipal Celso Ribeiro Daltro, bairro Queimadinha, às 9 horas. Já no período da tarde haverá uma blitz educativa na avenida João Durval Carneiro, em frente ao Boulevard Shopping, a partir das 14:30 horas.

O encerramento acontece na sexta-feira, 27, na Unidade Básica de Saúde do bairro Mangabeira, das 9 às 16 horas, e também na Escola Municipal Maria Alves dos Santos, conjunto Feira X, a partir das 9 horas.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]