Jornalista Domingos Meirelles apresenta projeto de revitalização dos jornais impressos; evento é promovido pelo Jornal Grande Bahia e ABI Nacional e ocorre em Feira de Santana

Cartaz da II Conferência do Jornal Grande Bahia com Domingos Meirelles.

Cartaz da II Conferência do Jornal Grande Bahia com Domingos Meirelles.

O jornalista Domingos Meirelles, presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), apresenta projeto de revitalização dos jornais impressos durante a II Conferência do Jornal Grande Bahia (JGB). Além da apresentação do projeto, Domingos Meirelles palestra abordando o tema ‘A retomada do nacional desenvolvimentismo e os desafios do Brasil com o advento da Inteligência Artificial (IA)’. As atividades são promovidas pelo JGB e ABI, e ocorrem no dia 30 de setembro de 2017 (sábado), às 9 horas da manhã, no Auditório II, do Los Pampas, em Feira de Santana.

Revitalização dos Jornais

Durante a II Conferência do Jornal Grande Bahia (JGB), Domingos Meirelles apresenta síntese do projeto desenvolvido pela ABI, em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) com a finalidade de revitalizar os jornais impressos.

A ABI e a UNESCO partilham do entendimento que a permanência do jornal impresso é fundamental para a preservação da própria memória nacional. A mídia impressa oferece pluralidade de narrativas e diferentes leituras, e exerce destacado papel como guardiã fidedigna da história escrita. Não se pode fazer um estudo da memória de uma nação sem conhecer como agiam os atores desse passado.

O noticiário do jornal impresso, o chamado registro do cotidiano, é considerado importante fonte primária pelo mundo acadêmico. Do ponto de vista historiográfico, ele possui a mesma credibilidade de um documento oficial.

Conferência

Além do projeto de revitalização dos jornais impressos, com o objetivo de debater temas de interesse da sociedade brasileira, destinada ao público das Regiões Metropolitanas de Feira de Santana (RMFS) e Salvador (RMS), o Jornal Grande Bahia promove ciclo de debates no formato de conferência. O conceito da atividade foi desenvolvido por Carlos Augusto, pelo diretor do JGB.

A II Conferência aborda o processo de mudança tecnológica que afeta as relações de produção do mundo, essa transformação tem recebido diferentes nomenclaturas, a exemplo de Indústria 4.0, Revolução 4.0 e Quarta Revolução Industrial (4ª Revolução Industrial).

O cientista social e jornalista Carlos Augusto explica que o conceito da ‘Indústria 4.0’ foi desenvolvido pelo governo da Alemanha, em 2013, e apresentado pelo professor Klaus Schwab, autor do livro ‘A Quarta Revolução Industrial’ e fundador do Fórum Econômico Mundial. O novo paradigma tecnológico de produção capitalista objetiva desenvolver modos de produção com total independência do uso de mão de obra humana, através da automatização de processos, com aplicação de sistemas ciberfísicos, que se tornaram possíveis em decorrência do desenvolvimento da internet das coisas e da computação na nuvem.

Estudos indicam que a mudança de paradigma provocará a extinção de diversas profissões e atividades humanas, ao mesmo tempo em que tem o poder de desenvolver novos ramos da economia. Neste contexto, o debate promovido pelo JGB, através do jornalista Domingos Meirelles, objetiva questionar: Como o Estado Nacional tem atuado para desenvolver os paradigmas da Quarta Revolução Industrial no Brasil?

O conferencista

Domingos Meirelles, palestrante da II Conferência do JGB, é um destacado membro da imprensa brasileira, nasceu no Rio de Janeiro, em 8 de maio de 1940, é jornalista, presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), e autor de duas densas obras sobre a Revolução de 1930 no Brasil, ‘As Noites das Grandes Fogueiras: Uma História da Coluna Prestes’ e ‘1930 – Os Órfãos da Revolução’.

Além das atividades intelectuais e representativas, Domingos Meirelles atua nos programas jornalísticos Câmera Record e Repórter Record Investigação, veiculados na TV Record.

Inscrição

O público alvo da II Conferência do JGB são jornalistas, radialistas, políticos mandatários e representantes de entidades, além de personalidades de destaque no campo da política e economia da Bahia.

O evento é restrito à convidados, sendo destinado às pessoas interessadas em participar da atividade, desde que pertençam ao perfil de público delimitado para a conferência.

Os interessados em o participar da II conferência do JGB podem manter contato com Jaqueline Lima, secretária do JGB, através do telefone (075)3623-0168, ou por E-mail: [email protected] É necessário informar nome completo, veículo de comunicação em que trabalha, empresa ou entidade que representa, e telefone e e-mail para contato. As vagas são limitadas.

Agenda do evento

Temas:

— Apresentação do projeto desenvolvido pela ABI com a finalidade de revitalizar os jornais impressos;

— Conferência: ‘A retomada do nacional desenvolvimentismo e os desafios do Brasil com o advento da Inteligência Artificial (IA).’

Local da conferência: Auditório II do restaurante Los Pampas, em Feira de Santana

Data: 30 de setembro de 2017 (sábado)

Horário: Das 9 às 14 horas

Das 9 às 9:30 horas Domingos Meirelles concede entrevista coletiva e entrevistas exclusivas;

Das 9:30 às 10 horas ocorre recepção dos convidados da conferência;

Das 10 às 10:30 horas é formada mesa de abertura da conferência;

Das 10:30 às 12 horas ocorre debate entre sobre a conferência;

Das 12 às 14 horas é encerrada a conferência com almoço de confraternização.

Acesso: O acesso ao evento é livre e exclusivo para convidados, mediante confirmação em lista, através do contato com Jaqueline Lima, secretária do JGB, pelo telefone (075)3623-0168, ou pelo email: [email protected]

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).