Professor Nilson Weisheimer convida para o primeiro debate sobre ‘100 Anos da Revolução Russa’; evento ocorre na UFRB, em Cachoeira

Debate na UFRB, em Cachoeira, aborda ‘A Revolução Russa de 1917: legados e lições’.

Debate na UFRB, em Cachoeira, aborda ‘A Revolução Russa de 1917: legados e lições’.

O professor Dr. Nilson Weisheimer, em vídeo, comenta sobre ‘100 anos da Revolução Russa’ e convida para o debate com o tema ‘A Revolução Russa de 1917: legados e lições’. O evento ocorre nesta quarta-feira (09/08/2017), das 15 às 19 horas, no Auditório do Centro de Artes Humanidades e Letras (CAHL) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em Cachoeira.

O debate é mediado pelo professor Nilson Weisheimer, participam como palestrantes Antônio Eduardo Alves (UFRB), abordando o tema ‘A Política Bolchevique na Revolução Russa”; Fábio Batista Perreira (CEPAG); palestrando sobre ‘A Revolução Russa no Ensino de História’; Jorge Nóvoa (UFBA), tratando dos ‘Desdobramentos críticos da Revolução de 1917’; e Mary Garcia Castro (FLACSO), apresentando o tema ‘Alexandra Kollontai: Feminismo e Revolução de 1917’.

Agenda

Debate 1: ‘A Revolução Russa de 1917: legados e lições’

Data: 9 de agosto de 2017 | Horário: das 15:00 às 19 horas

Local: Auditório do Centro de Artes Humanidades e Letras (CAHL) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)

Endereço: Rua Maestro Irineu Sacramento, S/N  | Bairro Centro

Cachoeira | Bahia | Brasil | CEP: 44300-000

Página do evento: https://www.facebook.com/100RRCAHLUFRB

Confira vídeo

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Nilson Weisheimer
Doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS – 2009), Pós-Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP – 2015), professor adjunto da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS/UFRB), líder dos Grupos de Pesquisa do CNPq: Núcleo de Estudos em Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural (NEAF/UFRB) e Observatório Social da Juventude (OSJ/UFRB), e vencedor do Prêmio CAPES de Teses em Sociologia 2010.