Professor Fábio Batista Perreira palestra sobre o tema ‘A Revolução Russa no Ensino de História’; evento marca 100 Anos da Revolução Russa e ocorreu na UFRB, em Cachoeira

Professor Fábio Batista Perreira palestrou sobre ‘A Revolução Russa no Ensino de História’, abordando subtemas a narrativa do livro didático e o debate sobre escola sem partido.

Professor Fábio Batista Perreira palestrou sobre ‘A Revolução Russa no Ensino de História’, abordando subtemas a narrativa do livro didático e o debate sobre escola sem partido.

A primeira edição do ‘Ciclo de Debates: 100 anos da Revolução Russa’ abordou o tema ‘A Revolução Russa de 1917: legados e lições’. O evento ocorreu na quarta-feira (09/08/2017), no Auditório do Centro de Artes Humanidades e Letras (CAHL) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em Cachoeira.

Segundo a palestrar, o professor Fábio Batista Perreira abordou o tema ‘A Revolução Russa no Ensino de História’, narrativa do livro didático e o debate sobre escola sem partido.

Ao proferir a palestra, Fábio Perreira destacou o marco regulatório dos currículos escolares e o Programa do Livro Didático (PLD) como constituintes da ação do governo no campo da educação, informando que o PLD alcança 30 milhões de alunos no país.

Na sequência, questionou como estes livros didáticos abordam a Revolução Russa? Explicando que, a partir de 1993, ocorre uma reformulação do PLD, e que em 1997, é elaborado ‘O Guia’, conjunto de resenhas sobre livros didáticos, elaborados por especialistas e submetidos às escolas, para escolha dos livros que vão adotar durante o ano letivo.

O professor revela que, após análise, concluiu que o tema ‘Revolução Russa’ não aparece se quer como capítulo dos livros inspecionados, e que o tema da Revolução aparece ocupando um subcapítulo do tema geral da ‘Primeira Guerra Mundial (28/07/1914 — 11/11/1918)’.

Dando sequência a análise, ele observa a interferência da Rede Globo no processo educacional do país, citando publicação do editor chefe de jornalismo do Grupo de Comunicação, Ali Kamel. Segundo Fábio Batista, no início dos anos 2000, Ali Kamel iniciou uma cruzada sobre os conteúdos disponibilizados em livros didáticos.

Fábio Perreira relata que Ali Kamel publicou no jornal O Globo, em 18 de setembro de 2007, o artigo ‘O que ensinam às nossas crianças’, afirmando que o texto foi incorporado pelo ‘Programa Escola sem Partido, movimento político de tendência reacionária/conservadora, fundado em 2004, pelo advogado Miguel Nagib, que objetivava uma revisão liberal dos conteúdos disponibilizados nos livros didáticos, através do PLD.

Na avaliação de Fábio Batista, a ação política do grupo ‘Escola sem Partido’ resultou em uma redução do registro, na literatura escolar, da luta da classe da trabalhadora ao longo do processo histórico. Ele ponderou que a superação da falta de informação pode ocorrer a partir da produção de novos livros didáticos, que recoloque a classe trabalhadora como agente da luta histórica por direitos, a exemplo do que ocorreu na Revolução Russa de 1917.

Perfil do palestrante

Fábio Batista Perreira possui Mestrado em História da África, da Diáspora e dos Povos Indígenas (2016); Graduou-se em História pela Universidade Estadual de Feira de Santana (2001); é diretor da Unidade de Ensino Médio e Fundamental II: Colégio Estadual Padre Alexandre de Gusmão (2016); Foi secretário do Conselho Curador do Monumenta/Ministério da Cultura; atuou como coordenador do Ponto de Cultura Terreiro Cultural entre 2005-2008 e realizou diversas atividades junto ao Pouso da Palavra (espaço cultural criado pelo Poeta Damário da Cruz); como músico integrou a primeira formação do Gege Nagô (grupo musical fundado sobre a influência de Mateus Aleluia, remanescente do Tincoãs); e participou de documentários produzidos pela TVE Bahia, além de participar de diversos movimentos sociais.

Confira vídeo

Leia +

Debate sobre ‘A Revolução Russa de 1917: legados e lições’ reuniu pesquisadores na UFRB, em Cachoeira; pesquisador Nilson Weisheimer comentou sobre 100 Anos da Revolução Russa

Professor Antônio Eduardo Alves palestra sobre o tema ‘A política bolchevique na Revolução Russa’; evento marca 100 Anos da Revolução Russa e ocorreu na UFRB, em Cachoeira

Professor Fábio Batista Perreira palestra sobre o tema ‘A Revolução Russa no Ensino de História’; evento marca 100 Anos da Revolução Russa e ocorreu na UFRB, em Cachoeira

Pesquisadora Mary Garcia Castro palestra sobre o tema ‘Alexandra Kollontai: Feminismo e Revolução de 1917’; evento marca 100 Anos da Revolução Russa e ocorreu na UFRB, em Cachoeira

Pesquisador Jorge Nóvoa palestra sobre o tema ‘Desdobramentos críticos da Revolução de 1917’; evento marca 100 Anos da Revolução Russa e ocorreu na UFRB, em Cachoeira

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Nilson Weisheimer
Doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS – 2009), Pós-Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP – 2015), professor adjunto da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS/UFRB), líder dos Grupos de Pesquisa do CNPq: Núcleo de Estudos em Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural (NEAF/UFRB) e Observatório Social da Juventude (OSJ/UFRB), e vencedor do Prêmio CAPES de Teses em Sociologia 2010.