+ Manchetes >

Os tratamentos espirituais com o Médium Aran e Doutor Fritz. A graça da cura física para os necessitados

Em Salvador – Bahia, na sede da “Sociedade Espírita Brasileira Amor Supremo”, ocorre o atendimento para tratamento de doenças físicas e espirituais, pelo Médium Aran e Doutor Fritz, uma vez ao mês — sábado, domingo e segunda-feira — segundo calendário previamente anunciado.

A maioria dos tratamentos espirituais de saúde do Médium Aran-Dr. Fritz são realizados com a aplicação de uma leve picada de “agulha de insulina” em alguma parte do corpo do paciente. A “agulhinha” é um condutor energético que, quando aplicada, mesmo superficialmente, possibilita o trabalho de cura da Espiritualidade Maior, que percorre o corpo do paciente, detectando os pontos de doença e os tratando. A cura das doenças acontece conforme a graça divina, a fé e o merecimento de cada um que procura esta Casa de Deus.

Médium Aran e Dr. Fritz

Médium Aran e Dr. Fritz

Junto com a aplicação da agulha de insulina, ou a substituindo, são usados chumaços de algodão embebidos em água fluidificada, que tem o mesmo poder curativo. Esse algodão molhado é distribuído para todos os presentes ao Atendimento, que devem colocá-lo na parte do corpo que necessita de cuidados, ou sobre a cabeça. Ao longo da tarde-noite, Dr. Fritz vai “jogar” sobre a multidão este algodão, como parte do tratamento. Músicas religiosas e orações irão acompanhar toda aquela auspiciosa sessão de cura.

Os tratamentos espirituais de saúde realizados por Aran-Fritz são visíveis ou invisíveis, isto é, são invasivos ou não-invasivos. Quando visíveis (invasivos) são utilizados instrumentos perfurocortantes e realizadas incisões e perfurações.

Quando incorporado no aparelho físico do Médium Aran, com o forte sotaque que lhe é característico, o Dr. Adolph Fritz pede que se formem as filas para as cirurgias. A primeira fila formada é com pacientes que tem tumores e caroços pelo corpo, ou erupções de pele. Na tarde de sábado, 8 de julho de 2017, uma senhora se apresentou com um enorme caroço na região da orelha esquerda. Expectativa no Salão, lotado por cerca de 800 pessoas que vieram em busca de um auxílio para os seus males físicos e espirituais. É permitido me posicionar próximo a cena, para visualizar melhor o que viria a ocorrer. A vice-presidente da Instituição, a Médium Carla Seba, tudo filma no seu smartphone.

Com rapidez e habilidade, tendo um instrumento perfurocortante nas mãos, Aran-Fritz faz uma incisão no entorno do grande caroço — maior que uma bola de gude — e o retira com uma espécie de pinça. Antes de depositar numa bandeja metálica o caroço extirpado, mostra o tumor à multidão. Calorosos aplausos coroam o momento. Aviva-se a fé dos doentes necessitados.    Está finalizada a primeira cirurgia da tarde.

Depoimento de graça alcançada por uma paciente do Amor Supremo

Flavia Vanderlei Cavalcanti, 40 anos de idade, artista plástica, residente em Salvador – Bahia, descobriu um problema de circulação vascular sério, após o parto do seu filhinho. Como sequela pós-parto teve trombose na perna esquerda, por dificuldade de circulação de sangue. No hospital queriam amputar a perna, mas Flavia tinha fé que sairia de lá com as suas duas pernas.

5 meses após a alta hospitalar, novos problemas com um “infarto” no dedo do pé direito, na ponta do osso. Por causa de dificuldade de circulação sanguínea, o osso quebrou, ficou pontiagudo e em frangalhos. Flavia não mais conseguia andar. Foi quando procurou o atendimento do Médium Aran e Dr. Fritz na sede da “Sociedade Espírita Brasileira Amor Supremo, Casa Ecumênica Adolph Fritz”.

Um Canal de TV de Salvador estava fazendo uma reportagem naquela tarde, e antes do seu atendimento, Flavia assistiu o Dr. Fritz usar um instrumento perfurocortante para retirar uma bala de revólver alojada no peito de um rapaz, pois nenhum médico do Plano Terrestre tinha tido coragem de extrair a bala acomodada no pulmão do acidentado. Quando ela viu o Dr. Fritz remover a bala, sem nenhum sangramento no paciente, ficou sem acreditar. Todavia, o rapaz recém-operado sentou na cadeira logo a sua frente, e começaram a conversar. Isso fortaleceu a sua fé.

Na hora do seu atendimento, o Dr. Fritz lhe aplicou apenas uma leve picada de “agulha de insulina” na perna doente. Começou a jorrar sangue, muito sangue, o que durou cerca de 30 minutos. Nada foi feito por Dr. Fritz ou os auxiliares para estancar o sangramento, justamente para deixar o sangue sair. Porém, todo o processo estava sob o zeloso controle do médico da Espiritualidade Maior.

Flavia teve contrações físicas em várias partes do corpo, assim como sensação de desmaio, mas se sentia protegida e guarnecida pelos guardiões do Templo, assistentes do Dr. Fritz.

Resultado: 4 meses depois, Flavia Vanderlei Cavalcanti começou a sentir melhoras. Mexer os dedos do pé. Voltou a andar novamente. 6 meses após tirou Raio X (Radiografia) e não havia mais fragmentos de ossos, nem o osso estava pontiagudo, tudo normal novamente. Flavia obteve a graça da cura pelas abençoadas mãos do Médium Aran e Doutor Fritz.

O drama do cantor Netinho e a sua recuperação física. O despertar para a espiritualidade

Ernesto de Souza Andrade Junior é o nome de pia do cantor baiano Netinho, muito conhecido e querido dos brasileiros. Se destacou no passado recente como cantor de trio elétrico, que alegrava os carnavais, com suas canções românticas e de belas mensagens.

Traído pela fama, vaidade e ego exacerbado, por imaturidade caiu no mundo das drogas anabolizantes. Seu apolíneo corpo, esculpido e atraente, chamava a atenção dos fãs. Porém, foi curta e breve esta ilusão.

Logo vieram as consequências do abuso das substâncias anabolizantes — muitas delas prescritas inclusive por médicos diplomados. Netinho adoeceu gravemente.

São várias as doenças causadas pelo abuso de anabolizantes: aumento da pressão arterial; alterações cardiovasculares, que aumentam a chance de um enfarte do miocárdio ou de uma parada cardíaca; câncer no fígado, nos testículos, nos rins e na próstata; obstrução da vesícula biliar.

O drama do ídolo da música popular, Netinho, foi acompanhado pelos brasileiros, notadamente pelos baianos. Saúde fragilizada e longas internações hospitalares. Circulava a notícia de que generosamente os amigos custeavam o caríssimo tratamento de saúde, em hospital de excelência. Pois, apesar de cantor de sucesso, a dependência química destrói carreiras e a vida financeira dos usuários, e assim aconteceu com o cantor Netinho.

Foi quando, concomitante ao tratamento médico convencional, ele recorreu ao auxílio espiritual do Médium Aran e Dr. Fritz. Se inicia a sua recuperação e ele obtém a graça da cura.

Fala Ernesto de Souza Andrade Junior, o Netinho:

— Há os que não acreditam na espiritualidade, eu a experimento. Há os que não acreditam em Deus, eu tenho um. Há os que não acreditam em anjos, na foto estou sendo abraçado por um (Aran-Fritz). Minha amizade e convivência com Mestre Aran, o médium, e com Dr. Fritz, o espírito, tem me levado a experiências e reflexões que transformaram completamente minha forma de me enxergar, enxergar as pessoas e a vida.

Recentemente, na sua página no Facebook, Netinho divulgou uma foto de suas duas pernas, e escreveu, reflexivo:

— Minhas pernas. Vocês sempre me acompanharam na caminhada desta vida. Estiveram me apoiando em todos os momentos e seguirão assim. Depois de um tsunami que conseguimos ultrapassar, vocês ainda estão recuperando a sua força e eu continuo treinando vocês. Agora, sem médico que receita e vende anabolizantes, sem suplementos, sem a força brutal do ego. Agora o suplemento é AMOR. Vamo que vamos que há muito a realizar e vocês são o “motor” do corpo onde estou agora {..}. Gratidão verdadeira.

Até quando, em 15 de maio de 2017, Netinho festeja a alta médico-hospitalar, prognosticada por Dr. Fritz:

— Oba, estou de alta, final do meu checkup anual de rotina, estou 100% ok, obrigado a esse casal de amigos Dra. Claudia Cozer e Prof. Dr. Roberto Kalil Filho. Obrigado a meu amigo Dr. Fritz que me indicou o momento do checkup desse ano (2017) quando me antecipou que estaria tudo ok. Obrigado Dra. Cristiana Pereira, neurologista que me atende fora daqui do Sírio. Obrigado a todos do Hospital Sírio-Libanês que sempre me recebem com tanto respeito, cuidado e carinho.

E o cantor Netinho, que já se apresenta episodicamente nos palcos, dando canja em shows de célebres amigos artistas, entusiasticamente tem muitos planos para o futuro próximo, como subir num Trio Elétrico e alegrar as multidões no Carnaval de Salvador 2018.

O Atendimento dos médicos do espaço na Sociedade Espírita Amor Supremo

No invisível, isto é, nos planos espirituais não visíveis ao limitado olho humano, é feita a preparação para o Atendimento na Sociedade Amor Supremo, que começa uma semana antes. A preparação do ambiente envolve um processo de assepsia hospitalar do Astral Superior, não conhecido ainda aqui no Plano terrenal. Aran-Fritz realiza dezenas de cirurgias com instrumentos perfurocortantes, no Salão Principal daquela Sociedade Espírita, em ambiente “impróprio” para os padrões médico-hospitalares, porém não se há registro de nenhuma infecção pós-operatória entre os pacientes cirurgiados.

Fala o Médium Kleber Aran:

— No Plano Espiritual é feito todo um planejamento, toda uma preparação para o atendimento aos necessitados aqui do Plano terrestre, que se inicia uma semana antes. As vibrações espirituais são emanadas ao Amor Supremo, a nossa Casa de Cura. Existe acima desta Casa um hospital espiritual. Nossos irmãos sofredores, encarnados e desencarnados, espíritos que precisam de auxilio, nos procuram e são ajudados.

“A espiritualidade fica trabalhando uma semana antes, preparando o ambiente, para podermos atender aqui nesta Casa. A disciplina espiritual que eles têm, eles não vêm à toa, eles não podem perder tempo. O desprendimento energético que gastam aqui, o desprendimento ectoplasmático ocorrido aqui é possível porque a espiritualidade, inclusive o Dr. Fritz, se alimentam do ectoplasma de todos os presentes. A agilidade no atendimento, com o envolvimento de diversas equipes, falanges espirituais, resulta em milhares de pessoas atendidas, uma por uma.

Continua Kleber Aran:

— Para os irmãos encarnados, sempre há uma grande preparação uma semana antes do trabalho. É previamente estimado quantos nos procurarão nos dias de atendimento, e a preparação é feita com a organização de macas, o estoque de medicamentos necessários. A equipe principal do Dr. Fritz prepara os medicamentos para cada tipo de doença. Doenças mais graves, como casos de câncer, por exemplo, são tratadas nas Salas do Dr. Fritz e da Irmã Sheila. Os medicamentos, na forma de ampolas, são mais fortes e com substâncias mais eficazes.

Prossegue:

— Aqui no Salão Principal já é uma outra equipe. Onde entra a energia dos guardiões. Os guardiões estão prontos a passar a rede magnética na entrada da Casa. Muitas pessoas chegam impregnadas de energias negativas. Esses guardiões pegam tudo na entrada e deixam a pessoa tranquila para o atendimento.

Isto nos é facilmente perceptível. Pessoas mais sensitivas percebem uma energia balsâmica atuando sobre elas, logo após adentrarem os portões do Templo Amor Supremo. Por isso é necessário guardar silêncio e estar contrito, em oração, durante a permanência no sagrado recinto.

As entidades espirituais que atuam através do Médium Kleber Aran foram profissionais de saúde nas suas encarnações passadas, aqui na Terra. São equipes de médicos, enfermeiros e profissionais de saúde do Mundo Maior. Continuam os seus processos de evolução espiritual, prestando caridade aos seres aqui encarnados.

Neste hospital espiritual, o chefe dos médicos do espaço é o Dr. Adolph Fritz. Entretanto, a equipe é numerosa, e durante uma tarde-noite de atendimentos, o Médium Aran incorpora mais de um desses médicos do Mundo Maior. Cada um deles conserva suas características de personalidade, que se manifesta no corpo e na face do médium, e olhos treinados conseguem identificar quem é quem.

“Quem tem olhos para ver, veja. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça”.

Daí que o paciente pode estar sendo atendido pelo próprio Dr. Adolph Fritz, sisudo e com o peculiar sotaque carregado; ou pelo Dr. Hausen; ou Dr. Dalkon; que trabalha com os olhos fechados; ou Dr. Joseph, sempre sorridente — todos eles alemães. E também pode estar sendo atendido pelo brasileiríssimo Dr. Eferson.

O renomado Espírito de Luz Dr. Adolfo Bezerra de Menezes (29.08.1831 – 11.04.1900), com o qual o Médium Aran já trabalhava antes de começar sua missão ao lado do Dr. Fritz, continua a auxiliá-lo e a todos nós que recorremos em busca da graça da cura.

— O Dr. Bezerra de Menezes sempre está aqui. Eu incorporo o Dr. Bezerra uma vez por ano. Ele pode vir antes se for uma coisa muito séria a ser tratada no Templo do Amor Supremo. Quando ele vê que a energia está muito pesada, alguma coisa assim, aí ele vem.

Perguntado sobre o fenômeno do Dr. Bezerra de Menezes dar assistência, ao mesmo tempo, a mais de 6.000 centros espiritas no Brasil, Portugal e outros países do mundo, o Médium Kleber Aran responde, desvendando o mistério:

— Nós temos nossos corpos etéricos, então os focos de luz das falanges das entidades de Luz são imensos. O foco de luz pode estar em até 1000 lugares diferentes ao mesmo tempo. Ele vai reger aonde aquela entidade está. Os focos de energia, em vibrações de amor, são aquelas entidades (Bezerra, Fritz, etc.) e as falanges delas também, que são milhões de espíritos que estão a serviço do bem. Então Dr. Bezerra de Menezes, ele pode emanar muitos focos de luz. Assim como todo Espirito de Luz pode emanar vários focos de energia curativa.

Sobre o trabalho de caridade do Dr. Adolph Fritz, o Médium Aran esclarece:

— O Dr. Fritz é o chefe dos médicos no espaço. Então ele comanda toda a parte dos médicos. O foco de luz dele vai para todas as partes. Através de um médium psicofônico, em qualquer parte do mundo, a falange dele pode passar a mensagem de Dr. Fritz, que é através da telepatia de ectoplasma do “soldado“ dele, vamos dizer assim, que está lá no Centro Espírita.

A divina graça da maternidade para a contadora Verusca

Depõe Verusca Navarro de Oliveira, 44 anos, casada, 1 filho, de profissão contadora:

— Há uns 4 anos atrás eu estava tentando engravidar, e não estava conseguindo. Fiz diversos exames com uma ginecologista e precisei fazer uma cirurgia através de laparoscopia, para saber o que é que eu tinha. Durante a laparoscopia foi descoberto que as minhas 2 trompas estavam obstruídas, e a medica tentou desobstruir, mas não conseguiu, e falou que eu só poderia conseguir engravidar através de inseminação. Me encaminhou para a Cenafert – Centro de Medicina Reprodutiva, aqui em Salvador – Bahia.

Continua Verusca:

— Cheguei a fazer umas 3 tentativas lá e não consegui. Mudei para uma outra clínica. Quando eu já estava na Clínica IVI, uma amiga que frequentava o mesmo centro espírita que eu frequento, me falou da Sociedade Espírita Amor Supremo, perguntou se eu tinha interesse de fazer uma cirurgia espiritual com o Dr. Fritz. Eu estava topando tudo! Como eu tenho muita fé por ser espírita, eu aceitei o convite. Desde o primeiro dia que eu cheguei, o Dr. Fritz me garantiu que eu ia engravidar e traria o meu filho aqui no Amor Supremo, para ele conhecer. Me pediu que eu fizesse o tratamento espiritual durante 8 meses. No quarto para o quinto mês, a medica que estava fazendo o tratamento de fertilização comigo me falou: “olhe Verusca, você já fez 5 tentativas, pra essa tentativa agora, vamos fazer outra cirurgia através de laparoscopia, e vamos isolar as suas trompas de vez. Já que elas estão perdidas, vamos isolar as 2 de vez. Pois pode estar jorrando algum liquido que pode matar o feto”. Ok, concordei. Fui para o Centro Cirúrgico. Quando saí do Centro Cirúrgico, encontrei o médico no corredor superentusiasmado, que falou pra mim: “Verusca, você vai engravidar o mais rápido possível, pois as suas 2 trompas estão perfeitas. Você pode engravidar”.

Gratificada, conclui Verusca:

— Eu tive a comprovação através de cirurgia, não foi de exames não, foi de cirurgia, no antes do tratamento com o Dr. Fritz e depois do tratamento com Dr. Fritz. Eu não tenho prova melhor que esta. Eu sou muito grata ao Dr. Fritz, pois foi graças a ele que eu engravidei. Vim aqui como combinado, trouxe meu filho Gustavo, com 10 dias de nascido, Dr. Fritz fez uma linda oração, me emociono até hoje. Dr. Fritz fez uma prece muito linda e muito forte. Desde então eu venho sempre aqui no Dr. Fritz e sou eternamente grata a ele.

A mamãe Verusca Navarro de Oliveira, nas suas visitas à Sociedade Amor Supremo, traz sempre consigo o menino Gustavo, hoje com 4 anos de idade, que chama carinhosamente o médico do espaço de “Vovô Fritz”.

Verusca obteve a graça divina da cura, através das abençoadas mãos do Médium Aran e Dr. Fritz.

O trabalho do Espírito de Luz Adolph Fritz com o Médium Kleber Aran

Adolph Fritz, quando em vida de matéria, foi um médico alemão que atendeu a feridos durante a Primeira Grande Guerra Mundial (1914 – 1918). Tempos muito conturbados. Tempo de violência, assassinatos em massa, fome e miséria.

Ao falecer, a alma de Adolph Fritz foi levada para as zonas umbralinas, para o mundo da escuridão. Lugar de dor e sofrimento. Lugar tão trevoso e denso que na tradição cristã é chamado de purgatório — sendo os planos mais baixos denominados de infernos.

Porém, por seus atributos e qualidades desenvolvidas quando encarnado aqui no Mundo terra, Adolph teve a humildade de reconhecer os seus erros, suas culpas e rebeldias. Chorou amargamente ao tomar consciência de seus pecados. Pediu sincero perdão a Deus e clamou por socorro.

Uma prestimosa equipe de luminosos socorristas foi em seu auxilio, resgatá-lo da escuridão. 3 seres de luz: os Espíritos Aleijadinho, Frei Fabiano de Cristo e Dr. Bezerra de Menezes. Resgatado, o Espirito Adolph Fritz foi levado a um Campo de Luz para a sua regeneração espiritual. Lá, no seu processo de desenvolvimento e para pagamento de débitos cármicos, pelas suas qualidades de bom médico e bom curador, assumiu o compromisso de vir à Terra prestar obras de caridade, em benefício de irmãos necessitados — encarnados e desencarnados.

Assim começou a Missão de Luz do Espírito Adolph Fritz. Atualmente, com auxílio do aparelho mediúnico do Médium Kleber Aran.

O Médium Kleber Aran associa a sua missão de caridade ao lado do Espírito Dr. Adolph Fritz — que completa agora 20 anos — como a continuidade do trabalho desenvolvido, no passado, por Zé Arigó (José Pedro de Freitas, 18.10.1921 – 01.11.1971) e o médico pernambucano Edson Queiroz (Edson Cavalcante Queiroz, 23.08.1950 – 05.10.1991). Perguntado sobre outros médiuns, em diversos centros espíritas pelo Brasil, afirmarem receber o Espírito Dr. Adolph Fritz, Kleber Aran esclarece:

— Primeiramente eu queria deixar uma coisa bem clara: eu não me importo com o nome. Eu sou um médium de psicofonia a serviço de Deus. Poderia vir um espirito chamado José Maria, que iria trabalhar da mesma forma. Porque muitas vezes, quando você fala nomes importantes como Dr. Bezerra de Menezes, Dr. Fritz… alguns médiuns se exaltam nisto. Eu não, eu estou para servir, eu entrego meu corpo ao Espirito de Luz que veio para fazer a caridade.

“Agora, eu só falo para vocês do Zé Arigó e do Edson Queiroz porque eu vivenciei fatos. Eu estive em Minas Gerais, onde foi o começo de minha jornada com o Dr. Fritz, e pessoas de Congonhas que iam para o Trabalho de Atendimento, o Dr. Fritz as reconhecia e falava: ‘cadê aquela cirurgia que eu fiz há 20 anos atrás?’. E chamava a pessoa pelo nome. Então todos reconheciam que ali se manifestava o Espírito Dr. Adolph Fritz”.

Continua Aran:

— Um repórter de TV que acompanhou o Zé Arigó – Dr. Fritz por muitos anos, fez uma matéria comigo na época em que eu comecei a incorporar o Dr. Fritz. Então ele foi me testar para ver se era o mesmo Dr. Fritz. O repórter fez várias matérias comigo. Certa vez, durante atendimento às multidões, o repórter estava acompanhando tudo, ao lado do Dr. Fritz, e o Espirito de Luz perguntou:

“— O que você quer?

“— Dr. Fritz, por que o Brasil?

“Aí Dr. Fritz parou, olhou para o repórter, e disse:

“— Você está me fazendo uma pergunta que eu já lhe respondi há 20 anos atrás. Eu já te disse: e uma questão cármica”.

Boquiaberto, o repórter de TV testificou:

“— É o Dr. Fritz mesmo!

“— Outra coisa: quando eu estive em Recife, trabalhando com o Dr. Fritz, muitas pessoas vieram e reconheceram Dr. Fritz. Dr. Fritz falou o nome delas e elas choraram emocionadas… E isso caracteriza que eu trabalho com o Dr. Adolph Fritz que esteve com os 2 médiuns.

“— Isso não me deixa com vaidade ou com ego… não. Isso me deixa com uma responsabilidade muito maior, para Dr. Fritz continuar a missão dele… que infelizmente os outros dois falharam. E a gente trabalha muito para não falhar. Ainda não me corrompi porque é um exercício muito grande de controlar uma força tão grande e você não se perder.

“Se eu falar que eu nunca vou me perder, estou sendo prepotente para mim mesmo. Com a vaidade. Eu estou trabalhando todos os dias para que eu não possa cair nas armadilhas, porque as dificuldades são imensas, então muitas pessoas acham, quando vem aqui, que a vida do médium está uma maravilha…. mas não sabem as dificuldades que eu passo, e não sabem as dificuldades aqui da Casa”.

Relato de curas

Eu sou Cecília Maringoni, 59 anos, casada, artista plástica. Frequento as reuniões da cura do Médium Aran, onde ele trabalha com muitos Espíritos de Luz, já faz mais de 1 ano. Nestas minhas idas percebi ter sido curada de várias doenças e aqui registro três delas.

Nestes meus últimos 5 anos comecei a ter dores de cabeça muito fortes, mais ou menos de quinze em quinze dias… tomava vários medicamentos e nada… a dor ia me atormentando e ficava instalada por 3 dias, em média. Só no 4º dia ela desaparecia. Fui a um neurologista, onde me foi pedido vários exames, inclusive uma tomografia especifica do cérebro.

O resultado foi excelente, não havia registro de nada, tudo normal, sem enfermidade alguma. Então o médico conversou comigo e disse que provavelmente deveria ser estresse, tensão, e me propôs um tratamento medicamentoso. Concomitantemente eu estava frequentando as reuniões do Templo Amor Supremo, e acredito que “nesta parceria” quem ganhou fui eu. Pois já estou curada, sem apresentar as dores de cabeça há mais ou menos 7 meses.

A segunda cura bastante significativa foi uma dor que eu tinha na mão esquerda, que não conseguia nem segurar o celular. Qualquer coisa era motivo desta dor aumentar… o que era um sofrimento. Numa das reuniões da Sociedade Espírita Amor Supremo, onde eles distribuem chumaços de algodão embebido em água fluidificada, para o paciente colocar em alguma parte do corpo a ser curada, ao fazer as orações. Ao receber o algodão coloquei todo na mão esquerda e pulso… Milagre, mistério Divino, a dor nunca mais apareceu… e aqui registro mais uma cura importante em minha vida. Então me sinto completamente agradecida a esta Casa, pois ali recebi várias curas.

A terceira cura foi uma Cirurgia Bariátrica espiritual, a qual me submeti, e tem me ajudado muito a controlar o peso, pois eu já havia feito uma cirurgia bariátrica física e estava voltando a engordar.

Então me sinto completamente agradecida ao Espirito Dr. Fritz e a todos os outros médicos espirituais e a equipe de Espíritos de Luz que rege o Templo Amor Supremo, além da equipe terrena, sempre atuante de forma amorosa e atenciosa nesta Casa de Luz. Eterna é a minha gratidão.

Assim na Terra como no Céu

O Templo da “Sociedade Espírita Brasileira Amor Supremo, Casa Ecumênica Adolph Fritz”, em Salvador – Bahia, está situado dentro de um galpão-depósito improvisado, adaptado para ser um recinto de cura — um hospital espiritual.

Isto faz deste templo uma pálida e modesta réplica do Hospital Espiritual plasmado no Plano Astral, localizado sobre ele. A simbologia existente lá, no Plano Espiritual, é replicada modestamente aqui na Terra, Vejamos: no Templo Amor Supremo, à esquerda, na parte da frente, há um Tabernáculo, de paredes de vidro, reverenciado por todos os assistentes voluntários que trabalham nesta Casa Espírita.

O Tabernáculo é um santuário onde os hebreus guardavam a Arca da Aliança e demais objetos sagrados. Assim também acontece neste Templo: os objetos sagrados são: a réplica da Arca da Aliança, uma Pirâmide de Vidro e castiçais judaicos (menorá).

A Arca da Aliança é o objeto mais sagrado do Tabernáculo. É descrita na Bíblia como o objeto em que as Tábuas da Lei — os 10 Mandamentos — e outros objetos sagrados teriam sido guardadas; representa a Aliança de Deus com os homens, reafirmada na vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo sobre a Terra.

Esclarece o Médium Kleber Aran:

— A Arca da Aliança significa o poder pleno de toda espiritualidade que rege esta Casa. É a força que rege em emanações os irmãos que aqui entram, sentam e fazem uma prece, um rogo, um pedido. Essas emanações são enviadas à Pirâmide existente no Hospital Espiritual do Plano Astral, que é de onde emanam todos os raios curativos.

“O Frei Fabiano de Cristo é o Ser de Luz que rege os trabalhos da Pirâmide, de onde emanam os raios. Ele é o chefe da Pirâmide. Ele é quem determina, junto com o Anjo Gabriel, os raios, as cores e as funções de cada raio. Os raios todos trabalham juntos para atender as pessoas necessitadas. Cada raio tem uma função, tem um chefe de falange.

“O preparo para desobsseção, por exemplo, é com o raio vermelho. Qual o significado? São guardiões prontos para aprisionar os espíritos trevosos que entram aqui, acompanhando algum paciente. Há uma luta para aprisionar essas falanges do mal e levar para o Plano Espiritual de Regeneração; já o raio amarelo significa o auxílio para todos os corações que estão endurecidos, possam novamente ter amor… tiram as magoas para que novamente as pessoas possam ter luz, amar… como as pessoas devem ser. Cada raio tem essa função, energeticamente.

“Existe um núcleo muito grande no meio do Templo. Esse núcleo existe para resgatar e socorrer os espíritos doentes. Seres que já morreram e não se deram conta, vão ser resgatados pelos socorristas. Já é uma outra equipe que entra para recolher esses espíritos menos esclarecidos e socorrê-los… são os socorristas que vão auxiliar esses espíritos debilitados para encaminhar ao Hospital Espiritual que está em cima da Casa, que é uma réplica grandiosa do que vemos aqui no Plano Físico”.

Numa parede lateral do Salão Principal, entre as Salas de Dr. Fritz e de Irmã Sheila, encontra-se um pequeno altar, sobre uma mesa, com imagens de Pretos Velhos. Isso significa que os Pretos Velhos curadores trabalham nesta Casa Espírita, prestando caridade.

Os Pretos Velhos representam seres que, em sua última encarnação aqui na terra, vieram na pele de negro escravizado, e muito sofreram com a crueldade inerente ao sistema escravagista, assim como com a perversidade e sadismo doentio do sinhô e da sinhá, os brancos senhores de escravos. Estes seres escravizados conseguiram passar pela dura prova da cruel existência humana: sofrendo, mas não praguejando; padecendo, porém sem odiar os seus algozes, inclusive rezando por suas almas.

Fala Kleber Aran:

— Os Pretos Velhos são muito importantes aqui no trabalho da Casa. Eles mantêm um equilíbrio muito grande. Trabalham como médicos e auxiliares de cura. A espiritualidade africana que está presente combate os espíritos negativos.

“Você não tem o direito de discriminar ninguém, somos todos iguais. A espiritualidade nos deu um exemplo interessante num caso em que Emmanuel, o mentor de Chico Xavier, estava acompanhando um Preto Velho trabalhando num Centro de Umbanda. Aí quando terminou o Preto Velho foi embora e Emmanuel foi lhe seguindo, rumo as esferas superiores. Chegou um momento, na atmosfera, que Emmanuel não pode ir mais adiante e o Preto Velho deu “tchau, tchau” para ele.

“Isso significa o quê? Que era um mestre ascensionado na roupagem de um simples Preto Velho. Muitas vezes o espirito só pode entrar em determinada atmosfera com aquela roupagem. É como quando você quer ajudar alguém dentro do ambiente do tráfico de drogas. Você não vai assim bonito lá… você vai entrar com outra roupagem, para passar a sua mensagem. É assim no espiritual também”.

Depoimento de graça alcançada

Meu nome é Joana Lucia Rios, eu sou professora aposentada da UFBA – Universidade Federal da Bahia, e atualmente sou escritora. Eu tinha um problema muito sério: cada três meses eu era internada com a pressão arterial 24 e o coração dilatado. Então a cada três meses eu ia para a UTI e eles me medicavam, eu ficava boazinha, voltava para casa e depois de três meses novamente… E eu tinha um excelente médico que me acompanhava, fazia todos os exames e não descobria o problema que eu tinha.

Aí uma vez eu fui a São Paulo, passei na frente do Hospital São Luís e eu estava sentindo palpitação e eu já conhecia os sintomas, então resolvi entrar no hospital para falar com algum médico. Quando eu entrei e falei com o pessoal que estava sentindo taquicardia, botei a mão no coração, eles viram e me internaram de imediato e me fizeram exames o dia todo. Fiquei internada fazendo exames da cabeça aos pés, quando tudo ficou pronto eles me disseram: ‘a senhora volte para Salvador (Bahia) e muda de médico, pois seu cardiologista não descobriu o que a senhora tem. Mas, não descreveram nem disseram nada.

Quando voltei a Salvador falei com meu filho e pedi que me indicasse o melhor cardiologista daqui. Ele me indicou, marquei a consulta e, enquanto isto, eu fui a uma reunião do Dr. Fritz – Mestre Aran. Quando fui atendida pelo Dr. Fritz, ele furou todo o meu seio com agulhas. Eu sei que depois dessa consulta espiritual com Dr.Fritz – Aran, eu fui ao Hospital São Luís em São Paulo, foi dado o diagnostico pelo médico cardiologista que trabalhou em parceria com um endocrinologista, e eu fui curada, medicada.

Eu sei que com esta cura a minha pressão arterial não sai da dos 10, os médicos me diagnosticaram e medicaram. Mas com toda minha honestidade e amor a Deus eu digo que nesta Casa eu obtive a benção da cura. Só depois de vir aqui que obtive a permissão para os médicos descobrirem o que eu tinha. E já estou bem há 4 anos.

Mestre Aran, terapeuta holístico

Kleber Aran Ferreira e Silva, casado, 2 filhos, ganha o sustento de sua vida material com o suor do próprio rosto. Ele é terapeuta holístico. Trabalha com aplicação de reiki, cromoterapia, radiestesia, blindagem energética paranormal, com alinhamento dos chacras e presta atendimento para energização de ambientes residencial e empresarial.

Depoimento de uma cliente, Cecília Maringoni:

— Quando soube do trabalho de Mestre Aran com terapias, reiki, limpeza e alinhamento dos chacras… um trabalho que ele faz como terapeuta, para sua própria subsistência no Plano terrestre… fiquei muito interessada e marquei uma consulta. Fui atendida e, ao sair do atendimento, já me sentia melhor de uma forma geral… mais bem-disposta.

“Fiz por três vezes esses atendimentos particulares e sei o quanto foram importantes para mim. Me sinto mais leve e minhas emoções estão mais equilibradas. Estou mais tranquila e segura. E me sentindo muito melhor, minha autoestima foi favorecida.

“É um tratamento muito sutil, que vamos percebendo com o tempo, em nossas transformações de sentimentos, emoções e condutas… Minha gratidão ao Mestre Aran por estas conquistas transformadoras que recebi ao longo deste ano. Só posso parabenizá-lo por seu trabalho que tanto nos ajuda, em todos os sentidos e nos dois planos: físico e espiritual!

Kleber Aran por ele mesmo

Na sua missão espiritual, o Médium Kleber Aran sofre muitas perseguições. Talvez a perseguição mais crítica tenha ocorrido no Recife (Pernambuco), quando um juiz de Direito decretou a sua prisão, sob a acusação de exercício ilegal da medicina. Triste saber que o obscurantismo se abate sobre o país, de quando em quando, através de agentes públicos que deveriam zelar pelo bem-estar social.

Fala Kleber Aran:

— E dizer que você não vai ser perseguido… você vai ser perseguido e não é só comigo não…. se vocês forem fazer o bem vocês vão ser perseguidos também… se você começar a se destacar em alguma coisa você vai ser perseguido…. porque as pessoas se incomodam.

“Então eu falo assim: enquanto eu levantar a bandeira do bem e estiver com o meu coração em paz, com a espiritualidade, eu não tenho medo de nada. No sentido de que, não é desrespeitando, porque nós não estamos afrontando a medicina, a medicina ela e necessária. Até pra mim, que incorporo o Dr. Fritz, ele fala assim pra mim, quando estou adoentado:

“— Você não tem esse merecimento não, viu? Você vai para o médico e vai tomar remédio.

“E quantas vezes eu doente, na cama… uma vez, eu lembro, em Uberaba, eu estava com bronquite, queimando de febre, o pulmão cheio de secreção.. ele apareceu pra mim e disse :

“— O que é que você está fazendo aí deitado?

“— Eu estou doente, estou com febre…

“— Tem pessoas pior que você… pode levantar. E tome um banho gelado, entendido?

“— Sim, senhor.

“Cheguei lá, fui trabalhar, todo mundo viu que eu estava mal. Quando terminou o trabalho, eu não tinha mais um pingo de febre, nem secreção nos pulmões.

“Então… isso quer dizer que nós somos muito cobrados pela espiritualidade. Dr. Fritz me cobra muito”.

Humildemente, Kleber Aran afirma que vai perseverar na missão que lhe foi destinada por Deus:

— Eu quero manter esse amor que eu tenho pela espiritualidade. Eu não vou dizer a vocês que eu nunca vou cair, mas eu trabalho o tempo todo para que isso não aconteça. Entrar no trabalho espiritual, abdicar de muitas coisas é você amar muito a Deus. Se você não tiver amor, você não consegue. Porque muitos estão acostumados com suas comodidades, e não querem abrir mão delas.

“Tem muita gente que vem me agradecer que eu nem sei quem é. Dizem: ‘ah… meu irmão curou da coluna… curou de câncer’… Mas eu não posso me exaltar nunca, porque não fui eu, não sou eu… Eu sou o instrumento…

“Eu não curo ninguém. Quem cura é Deus, e a espiritualidade que está presente. Como é que você pode tirar uma bala alojada num corpo de um paciente, em 15 segundos, quando a cirurgia convencional é de três horas… sem equipamento nenhum, sem nada… Como você pode pegar uma faca e enfiar no olho de uma pessoa, para curá-la? Então isso é Deus! Essa é minha missão!

“Estamos aí e vamos em frente!”

Depoimento de Juarez Bomfim, este que vos escreve

Há mais de um ano frequento as reuniões mensais de cura do Médium Aran e Doutor Fritz em Salvador – Bahia. Fui levado por 2 necessidades:

  1. continuar meus estudos espíritas naquela Casa de Deus e,
  2. se fosse merecedor, receber a graça de curas físicas.

Não vou aqui enumerar as doenças físicas de um senhor de 58 anos de idade, pois completaria totalmente o ABC. Falarei apenas de uma delas: a ameaça de cegueira, consequência de mais de dezena de enfermidades oculares. Todavia, o maior inimigo da minha saúde ocular, não resta dúvidas que é o ameaçador glaucoma.

O balanço que faço deste tratamento, não esquecendo do atendimento médico convencional, com profissionais responsáveis, é que estou mais fortalecido ao longo desta jornada. A desesperança que me acompanhou em anos anteriores, me abandonou completamente. Para isso confio em Deus e nos médicos da Terra e do espaço, que me devolveram a esperança de continuar a enxergar o nascer de cada dia e o sorriso de uma criança.

Todavia, a cura que almejo, do fundo do coração, não é a cura física. Nosso prazo de validade aqui na Terra tem um tempo estipulado, e é breve. O corpo físico é como uma roupa velha, que um dia seremos obrigados a abandonar.

A cura que anseio é a cura do espírito, a salvação. E para tal, importante é confiar nas promessas de Nosso Senhor Jesus Cristo:

— Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.
Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também
(João 14:1-3)

Assim seja!

Veja o vídeo sobre o Médium Aran e Dr. Fritz:

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Juarez Duarte Bomfim
Baiano de Salvador, Juarez Duarte Bomfim é sociólogo e mestre em Administração pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), doutor em Geografia Humana pela Universidade de Salamanca, Espanha; e professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Tem trabalhos publicados no campo da Sociologia, Ciência Política, Teoria das Organizações e Geografia Humana. Diversas outras publicações também sobre religiosidade e espiritualidade. Suas aventuras poético-literárias são divulgadas no Blog abrigado no Jornal Grande Bahia. E-mail para contato: [email protected]