#ruicorreria300: “o êxito do nosso governo é precedido pelo trabalho de Lula, Dilma e Wagner, existe uma Bahia antes e depois deste trabalho realizado”, diz governador Rui Costa

Secretário estadual Jaques Wagner, Quitéria de Carneiro de Araújo, prefeita de Santaluz e Rui Costa, governador.

Secretário estadual Jaques Wagner; Quitéria de Carneiro de Araújo, prefeita de Santaluz e Rui Costa, governador.

Governador Rui Costa, carisma pessoal e gestão focada em resultados.

Governador Rui Costa, carisma pessoal e gestão focada em resultados.

Visivelmente emocionado, o governador Rui Costa comemorou — na segunda-feira (17/07/2017), em Santaluz — a tricentésima viagem realizada durante os 900 dias de governo, com média de uma viagem ao interior do estado, a cada três dias de trabalho. Durante este período, Rui Costa visitou 162 cidades, percorrendo o equivalente a 4 voltas ao planeta.

Acompanhando o evento — que foi denominado pela equipe de comunicação do governo como ‘#ruicorreria300’, em referência a forma acelerada e precisa com a qual Rui Costa desenvolve a gestão — cerca de 60 jornalistas e radialistas, oriundos das regiões metropolitanas de Salvador, Feira de Santana e do semiárido da Bahia participaram da entrevista coletiva concedida pelo governante, abordando temas políticos e da gestão.

Ao ser questionado sobre o processo eleitoral de 2018, oportunidade em que deve ter o nome confirmado como candidato à reeleição, Rui Costa declarou, enfaticamente, que a medida do governo não é o processo de disputa eleitoral, mas de realizações que melhorem as condições de vida do povo baiano e o progresso econômico do estado.

Na sequência, citou que existe uma Bahia antes e depois das gestões do Partido dos Trabalhadores (PT). “O êxito do nosso governo é precedido pelo trabalho de Lula, Dilma e Wagner, existe uma Bahia antes e depois deste trabalho realizado”, afirmou, completando, “estamos dando sequência ao trabalho exitoso destes governantes”.

Rui Costa elencou, em seguida, algumas das realizações das gestões petistas. “Foram inauguradas 4 universidades federais, 35 Institutos federais para ensino técnico, milhares de casas foram entregues, 10 hospitais foram construídos, foram iniciadas as obras das policlínicas regionais, inauguradas unidades de saúde, construídas e recuperadas rodovias, construído e ampliado o sistema de abastecimento de água potável e saneamento, construídos e ampliados sistemas de reservatórios de água; em Salvador, foram construídas avenidas, modernizando o sistema viário, além de estarmos prestes a concluir a terceira maior rede de metrô do país”.

O governador concluiu a entrevista coletiva destacando que ao observar a crise econômico que afeta o país e as gestões estaduais, inferia que o governo da Bahia realiza uma administração que é exemplar para o Brasil, em decorrência, da manutenção da capacidade de investimento e cumprimento das obrigações sociais e financeiras.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]