+ Manchetes >

“Quero o direito de me colocar como postulante a candidato à Presidência”, diz ex-presidente Lula

Lula: Quem acha que é o fim do Lula vai quebrar a cara, porque na política só quem tem o direito de decretar meu fim é o povo brasileiro.

Lula: Quem acha que é o fim do Lula vai quebrar a cara, porque na política só quem tem o direito de decretar meu fim é o povo brasileiro.

“Quem acha que é o fim do Lula vai quebrar a cara, porque na política só quem tem o direito de decretar meu fim é o povo brasileiro.” Com essas palavras, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concluiu sua fala na coletiva de imprensa de que participou na quinta-feira (13), na sede do PT em São Paulo.

A coletiva foi chamada por Lula após a divulgação da sua condenação, feita pelo juiz da 13ª vara federal de Curitiba, Sérgio Moro, na quarta-feira (12/07/2017).

“Se alguém pensa que com essa sentença me tiraram do jogo, pode saber que estou no jogo”, afirmou Lula, declarando que quer ser novamente candidato pelo Partido dos Trabalhadores à Presidência do Brasil.

“Quero dizer ao meu partido que até agora não tinha reivindicado isso, mas vou reivindicar agora do PT que quero o direito de me colocar como postulante a candidato pelo PT à Presidência do Brasil”, declarou, sendo ovacionado pelo público que lotou o auditório da sede do PT Nacional, em São Paulo.

Para o ex-presidente, o golpe que derrubou a presidenta eleita Dilma Rousseff só se completa se eles conseguirem impedir a sua candidatura em 2018. E é neste aspecto, na sua avaliação, que entra a sentença proferida por Moro.

“Então a sentença de ontem tem um componente político muito forte. Sinto que há tentativa de me tirar do jogo político”, afirmou.

Sobre a condenação em si, Lula afirmou que a única prova que existe “é a prova da minha inocência” e apontou que é vítima da mentira.

“O que me deixa indignado, mas sem perder a ternura, é perceber que estou sendo vítima de um grupo de pessoas que contaram a primeira mentira e vão passar a vida inteira mentindo para justificar a primeira mentira”, declarou.

E ressaltou que desde o ano passado já previa essa condenação, porque, na verdade, estão condenando projeto político que ele representa.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]