Feira de Santana: conselho municipal de educação é fundamental às políticas públicas para os jovens, afirma jornalista Luiz Valter de Lima

Seminário de Formação de Conselheiros Municipais de Educação ocorreu em Feira de Santana.

Seminário de Formação de Conselheiros Municipais de Educação ocorreu em Feira de Santana.

Os conselhos municipais de educação têm “papel fundamental” no esforço para garantir políticas públicas de atendimento aos direitos dos jovens, defende o professor e jornalista Luiz Valter de Lima, representante do Fórum Estadual de Educação. Ele é convidado do Seminário de Formação de Conselheiros Municipais de Educação, evento iniciado na segunda-feira (24/07/2017), e que prossegue nesta terça, no Centro de Cultura Maestro Miro, em Feira de Santana. O prefeito José Ronaldo prestigiou a solenidade de abertura.

O seminário reúne 320 conselheiros de educação, gestores e coordenadores da rede pública de 48 municípios dos polos de Feira e Ipirá, tendo como tema central “O papel dos conselheiros municipais de educação no monitoramento, implementação e fiscalização das políticas educacionais”. A iniciativa é da União Nacional de Conselhos Municipais de Educação (UNCME) e pelo Ministério Público da Bahia, com apoio da Secretaria Municipal de Educação.

O professor Luiz Valter defende que é preciso promover educação de qualidade a partir de uma “perspectiva dos direitos humanos, visando uma aprendizagem inclusiva, com respeito à diversidade, igualdade e justiça social, é um desafio enfrentado por quem lida diretamente com a educação”.

Para a presidente do Conselho Municipal de Educação de Feira de Santana, Rosana Fernandes Falcão, é importante promover espaços democráticos “em que as pessoas estabeleçam diálogo e o intercâmbio de ideias com diferentes olhares (sobre a educação)”. Cada conselheiro, ela diz, tem nas diferenças a vontade em comum de propor uma educação de qualidade.

“É um momento único para a discussão das políticas públicas do setor”, disse Paula Soto, chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Educação. Segundo ela, nos últimos cinco anos o CME tem se fortalecido e a Seduc o apoia “exatamente por entender que o diálogo é fundamental para o avanço das instituições democráticas”.

Os promotores de justiça Valmiro Macedo e Audo Rodrigues, coordenadores estadual e municipal do Centro de Apoio Operacional da Educação (espécie de divisão do Ministério Público da Bahia), respectivamente, participaram da abertura do seminário. Também prestigiaram a solenidade de abertura o presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, Willian Panfile; a professora Vitória Maria Brandão, coordenadora da UNCME Bahia; a professora doutora Alda Muniz Pepe, representante do projeto Saber Melhor; o coordenador do polo de Ipirá, Antônio Almeida e Silva e a diretora da APLB-Sindicato, Marlede Silva Oliveira.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]