Encontro Macrorregional do Espiritismo do Recôncavo da Bahia abordou ‘As leis morais aplicadas à comunidade espírita’

Encontro Macrorregional do Espiritismo do Recôncavo da Bahia reuniu cerca de 200 pessoas em Feira de Santana.

Encontro Macrorregional do Espiritismo do Recôncavo da Bahia reuniu cerca de 200 pessoas em Feira de Santana.

Abordando o tema ‘As leis morais aplicadas à comunidade espírita’, Encontro Macrorregional do Espiritismo do Recôncavo da Bahia reuniu cerca de 200 pessoas. O evento, que foi aberto na noite de sexta-feira (21/07/2017), no Centro Espírita Paz dos Sofredores, acontece no Centro Diocesano de Feira de Santana, no bairro Alto do Papagaio, e seguirá com muitas programações até amanhã, 23 de julho.

A Macrorregional é uma iniciativa da Federação Espírita do Estado da Bahia, FEEB, e tem o objetivo principal de unificar os praticantes do espiritismo no estado, vencendo as barreiras geográficas e favorecendo o estreitamento de laços entre as pessoas. Trata-se de uma série de encontros multicampi, acontecendo em diversas cidades da Bahia durante o mês de julho.

Em Feira de Santana, reúnem-se representantes de três regiões através de seus conselhos regionais (CR): o CR3 com sede em Feira de Santana; o CR5 da região de Santo Antônio de Jesus; o CR7 localizado em Valença; e o CR2 com sede em Santo Amaro da Purificação.

Durante a abertura do evento, o presidente do CR3, Marcus Machado, deu as boas vindas aos participantes destacando a importância da divulgação da doutrina espírita e da prática dos ensinamentos codificados por Alan Kardec, pontuando os 160 anos da obra “O Livro dos Espíritos”.

“A comunidade é o primeiro laboratório das nossas vidas, é o espaço no qual devemos exercitar os preceitos da doutrina espírita – a caridade, o amor ao próximo, a convivência com sabedoria que cada vez exige mais das pessoas”, defendeu Marcus Machado.

Feira de Santana possui pouco mais de 30 centros espíritas e uma efervescente agenda de atividades ao longo do ano, com a participação de um público significativo. Contudo, o dirigente do CR3 lembrou que mais importante que quantitativos e agendas de atividades, é o exercício dos valores pregados pela doutrina: “Uma comunidade espírita deve ter como princípio a prática do Evangelho e dos postulados da doutrina que, mais uma vez, destacamos como fundamentais, entre os quais: o amor ao próximo, a caridade e a certeza de que a vida continua após a morte. Para nós, o desafio mais importante é praticar esses ensinamentos, afinal, eles não devem ficar apenas no plano da teoria, devemos levá-los para a nossa vida cotidiana”, salientou Marcus Machado.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]