Atuação em saúde e educação garante cidadania feirense a Miriam Caldas

Miriam Caldas recebe título de cidadã feirense.

Miriam Caldas recebe título de cidadã feirense.

Uma vida dedicada ao trabalho, aos estudos e à família. Assim pode ser resumida a trajetória de Miriam dos Santos Caldas, que ao longo de mais de três décadas acumulou prêmios nas duas áreas mais complexas da convivência humana: Saúde e Educação. Foi essa atuação profissional em Feira de Santana que lhe garantiu a cidadania feirense, oficializada em sessão solene na noite desta terça-feira (27/06/2017), data em que comemorou seu aniversário de nascimento.

Foi ao lado da família e de amigos que a assistente social, professora e advogada recebeu a honraria, concedida por iniciativa do vereador Luiz Augusto de Jesus, cujo discurso de saudação exaltou o trabalho humanizado desenvolvido pela homenageada. Ele lembrou que antes de prestar concurso estadual e ser nomeada para o Hospital Regional Clériston Andrade (HGCA), Miriam foi secretária de Assistência Social nas cidades de Sapeaçu e Governador Mangabeira.

O vereador justificou a homenagem especialmente pela sua atuação durante 29 anos no HGCA “e sua capacidade de articular relações humanas”, conforme destacou. Dentre as ações desenvolvidas pela assistente social, ele destacou o acolhimento às mães com filhos em estado terminal, incentivo à doação de sangue por parte dos visitantes, conscientização dos homens sobre violência doméstica e orientação de adolescentes sobre drogas e DST’s.

A trajetória profissional da nova cidadã feirense, nascida em Cruz das Almas, começou com a graduação em Assistência Social pela Universidade Católica do Salvador em 1985. Mas ela não parou de estudar e em 1997 concluiu o curso de Direito Sanitário. Em 2006, mais um grau na carreira acadêmica:  especializou-se em Ciências Políticas em Lisboa, Portugal e, logo depois, fez Mestrado também na Universidade Lusófona de Humanidades.

Se o discurso do vereador foi de exaltação, o da homenageada foi de agradecimento pela “tão valiosa honraria”, como definiu. “Estou aqui, por conta da vontade do vereador e da minha profissão. Certo é que não nasci assistente social, professora, advogada, secretária de Saúde… Eu nasci, simplesmente, filha de Céu e Zeca”, disse Miriam, referindo-se aos pais Celeste Regina dos Santos e José Souza Caldas. Ela falou com emoção da infância e do perfil íntegro do pai, conhecido como Zé da Caçamba.

Ao dedicar o título recebido à família, Miriam contou que o pai nunca perdia a esperança, mesmo diante das dificuldades, como a falta de assistência médica para os filhos. “A cada dia uma nova esperança de que tudo seria melhor”, disse, orgulhosa. “Todas as minhas irmãs e meu irmão estudamos, trabalhamos e ajudamos o desenvolvimento de Feira de Santana”, disse Miriam, dividindo a emoção do momento com as irmãs Mary, Marly, Nancy, Magaly e o irmão Elson. “Qualquer uma delas ou meu irmão merecia receber esta homenagem. Somos todos cidadãos de Feira de Santana”, frisou.

O discurso de Miriam Caldas, cuja vida foi marcada por muitas lutas e dificuldades e alegrias, foi também de protesto. “Os baixos financiamentos para o Sistema Único de Saúde, que é patrimônio do povo brasileiro, não atende as necessidades para o cuidar da saúde de quem mais precisa”, afirmou. Ela também cobrou a realização de concursos públicos para que os assistentes sociais também tenham oportunidades de trabalho com segurança e respeito à jornada de30 horas para a categoria.

A Mesa de Honra da sessão foi composta pela 1ª Secretária da Casa, vereadora Gerusa Maria Bastos Sampaio, no exercício da presidência; prefeito José Ronaldo de Carvalho; Fernando Bispo, prefeito do Município de Anguera; Regi Figueiredo, presidente da Câmara Municipal de Anguera; e a homenageada da noite seu esposo, Rui Gileno de Oliveira.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]