Artista transpop grava clipes em Salvador

Rohmanelli, artista transpop grava clipes em Salvador.

Rohmanelli, artista transpop grava clipes em Salvador.

Aplaudido em palcos de Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Salvador, São Paulo, Itália e Bélgica, o artista transpop Rohmanelli está em Salvador para gravar o clipe de uma versão remix de Mantramovimento – seu primeiro single após o lançamento do álbum ‘Anomalous’, em 2016. Também grava uma versão remix de Eu não quero namorar, do repertório de ‘Anomalous’, com a participação da dupla de rap baiana Conceito Articulado, da cidade de Cachoeira.

A gravação, no Centro Histórico da capital baiana, tem a direção artística do fotógrafo e cineasta Pico Garcez, conhecido por trabalhos para artistas como Ivete Sangalo e Claudia Leitte.

Rohmanelli é um cantor e compositor italiano que mora no Brasil e tem sido artista desde a sua infância na Itália, durante a qual praticou dança, teatro e, claro, desenvolveu sua paixão pela música. Mantramovimento, seu primeiro maxi single, é um exemplo perfeito do que ele chama de TRANSPOP: uma estrutura tipicamente pop com uma parte rítmica principal, um formato de canção com versos breves e refrões que se repetem melodicamente.

Mas ao contrário do pop tradicional, o conteúdo das músicas do TRANSPOP não busca agradar a audiência ou atingir o público de forma superficial, já que se aproxima mais do rock, punk ou rap, por isso o artista o define como techno-punk. “TRANSPOP está aqui para questionar tudo: conceitos, gêneros musicais e sociais e promove a idéia de dissolução de todos os locais definidos e identidades fixas. É TRANSPOP porque continua a sofrer mutações e desconstruções, como a complexidade da realidade”, afirma Rohmanelli.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]