ALBA: deputada Mirela Macedo saúda São Gonçalo dos Campos; município completa 133 de emancipação

Interior da Igreja Matriz de São Gonçalo dos Campos. Os 133 anos de emancipação político-administrativa do município de São Gonçalo dos Campos foram lembrados através de moção.

Interior da Igreja Matriz de São Gonçalo dos Campos. Os 133 anos de emancipação político-administrativa do município de São Gonçalo dos Campos foram lembrados através de moção.

Os 133 anos de emancipação político-administrativa do município de São Gonçalo dos Campos, completados hoje, dia 28, foram lembrados através de moção da deputada Mirela Macedo (PSD). Localizada a 108 km da capital, a cidade foi emancipada através da Lei 2460. Conta-se que o município se originou com a manifestação de uma imagem de São Gonçalo, na área apelidada Campos da Cachoeira, no início do século XVIII, onde foi edificada a capela de São Gonçalo do Amarante. No entorno formou-se um arraial de jesuítas e nativos. Desmembrou-se de Cachoeira, passando a se chamar São Gonçalo dos Campos. Em 1931, a cidade teve o nome simplificado para São Gonçalo, mas em 1943 retomou a denominação atual.

A cidade tornou-se polo regional de avicultura, com grandes empresas alimentícias. Suas fontes de renda são também a fumicultura, a agricultura em geral, a pecuária e a ictiofauna (conjunto de peixes de uma região ou ambiente) presente no Rio São Francisco e nas inúmeras lagoas da região. As produtividades das terras, entre outros fatores naturais, fizeram desenvolver a população e com o passar do tempo a cidade foi se firmando economicamente. O município possui como principais pontos turísticos a Igreja, de mais de 300 anos, a Fonte da Gameleira, a fábrica de charutos artesanal cubano Menendez e Amerino e belos jardins. Além de ser banhado pelo Rio Jacuípe possui uma vegetação e um ambiente extremamente bucólico.

“Os festejos do mês de junho fazem parte do leque de expressões culturais da cidade. A religiosidade está presente em toda extensão, o povo sãogonçalense se reúne com centenas de turistas para participar dos festejos em louvor ao padroeiro São Gonçalo do Amarante”, finalizou a deputada.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).