Produtos com selo do Serviço de Inspeção Municipal de Feira de Santana começam a chegar ao mercado em julho de 2017

Prefeitura vai lançar selo do Serviço de Inspeção Municipal de Feira de Santana (SIM). Serviço objetiva oferta produto com qualidade sanitária aferida.

Prefeitura vai lançar selo do Serviço de Inspeção Municipal de Feira de Santana (SIM). Serviço objetiva oferta produto com qualidade sanitária aferida.

A partir de julho de 2017, os primeiros produtos de origem animal de uma empresa local chegarão ao mercado com o selo do SIM (Serviço de Inspeção Municipal de Feira de Santana). O carimbo está relacionado à qualidade e que foi seguida, em toda a cadeia da produção, a orientação repassada pelo órgão.

Feira de Santana é um dos poucos municípios baianos a ter regulamentação própria neste setor. O DSIM é o setor encarregado de fiscalizar estes produtos, comestíveis ou não, bem como seus derivados, no âmbito municipal.

O SIM regulamenta o Serviço de Inspeção Sanitária e Industrial de Produtos Origem Animal no Município de Feira de Santana. “O carimbo é a garantia de que o produto passou por detalhada fiscalização antes de ser levado ao mercado”, disse o secretário de Agricultura, Joedilson Freitas.

“É um serviço de orientação e aconselhamento técnico e que fiscaliza os produtos que tem este selo”, explica o secretário. Inspeciona animais que serão levados ao abate, pescado, leite, ovos, mel – e seus derivados. O trabalho é realizado em parceria com a Vigilância Sanitária do Município.

Joedilson Freitas ainda disse que o selo facilita a transação comercial, porque algumas empresas que atuam no varejo apenas aceitam negociar com produtores que apresentem este certificado. “O SIM, sem dúvidas, deixam estas empresas mais competitivas”.

Os interessados devem procurar a sede do SIM, que fica no primeiro andar do Paço Maria Quitéria. O diretor do DSIM, Johannes Leandro, disse que os interessados ficam conhecendo com o seu negócio deve funcionar dentro dos padrões estabelecidos e cumprindo as cinco etapas exigidas.

“O selo é uma garantia de que o estabelecimento está produzindo dentro das normas previstas de higiene”, afirmou o diretor. O prazo de validade do SIM é de um ano e sua abrangência está limitada ao município. O regulamento do SIM foi publicado na edição do dia 24 de setembro de 2016, do site www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]