Feira de Santana: Universidade Aberta do Meio Ambiente é criada pelo prefeito José Ronaldo; instituição é a primeira do Norte e Nordeste e a terceira do Brasil

Secretário Sérgio Carneiro e prefeito José Ronaldo de Carvalho anunciam criação da UNAMACS.

Secretário Sérgio Carneiro e prefeito José Ronaldo de Carvalho anunciam criação da UNAMACS.

A partir desta terça-feira (06/06/2017), as ações da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam) com vistas ao fortalecimento de atitudes socioambientais serão desenvolvidas pela Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável (UNAMACS), departamento de Educação Ambiental. “É um novo conceito, mais moderno e amplo”, afirma o secretário municipal de Meio Ambiente, Sérgio Carneiro.

A UNAMACS foi criada pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, na manhã desta terça-feira, 6, durante as comemorações pelo Dia Mundial do Meio Ambiente, no Parque da Lagoa Radialista Erivaldo Cerqueira. Com isso, Feira de Santana passa a ser a primeira cidade do norte e nordeste a adotar a Universidade Aberta. Uma ideia que surgiu em 1969, na Inglaterra. No Brasil, apenas as cidades de São Paulo (UMAPAZ) e Curitiba (UNILIVRE) já possuem.

Sérgio Carneiro afirma que a criação da Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável consiste na transmissão de conhecimentos de modo informal. Não precisa de autorização do Ministério de Educação, nem estrutura administrativa e financeira. “É uma forma de educar sem a formalidade dos processos convencionais. Um jardineiro que não tem um curso médio, por exemplo, poderá dar uma aula”, explica. A Universidade Aberta vai funcionar no Parque da Cidade Frei José Monteiro Sobrinho, no conjunto Feira VII.

De acordo com o secretário, a Universidade Aberta vai fortalecer as ações que vêm contribuindo para a construção de uma cidade mais sustentável, a exemplo da realização de palestras; formação e capacitação de pessoas para a convivência socioambiental, sustentável e pacífica. É um espaço de disseminação e troca de informações, conhecimentos e experiências sobre a educação ambiental. “A Universidade Aberta vai valorizar e potencializar aquilo que já é feito pela Semmam”, reforça Sérgio Carneiro.

O prefeito José Ronaldo ressaltou a conscientização que as crianças de hoje têm em relação às gerações passadas, no tocante as questões que envolvem o meio ambiente, um tema que antes não era valorizado e não tinha a devida importância.

O ato foi prestigiado por secretários municipais, lideranças ambientais e por estudantes.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).