Feira de Santana: espetáculo narra a vida de Francisco de Assis; peça é encenada no Centro de Cultura Maestro Miro

Cartaz da peça teatral sobre a vida de Francisco de Assis.

Cartaz da peça teatral sobre a vida de Francisco de Assis.

A história de vida de Francisco de Assis, um burguês de família abastada que abandona os hábitos de rico para se dedicar à vida dos pobres e necessitados, é o centro do espetáculo “Francisco de todos nós”, em cartaz nesta sexta-feira (02/06/2017), no teatro Ângela Oliveira do Centro de Cultura Maestro Miro. O espetáculo será encenado em duas funções – às 19:30 e às 21:00.

Depois de Jesus Cristo, Francisco de Assis é considerado o personagem mais nobre da história do cristianismo que viveu a Terra. Ambientada na Idade Média, a peça é uma superprodução da Companhia do Ator, de São Paulo, que já esteve em Feira de Santana com o espetáculo “Há dois mil anos”.

A montagem conta com 16 atores em cena e dez canções inéditas, interpretadas ao vivo pelo elenco. Nada menos que 50 figurinos foram criados e desenvolvidos integralmente para o espetáculo que reserva surpresas nas cenas e na cenografia composta para mostrar o que Francisco mais valorizava: o ideal de amor ao próximo, a caridade.

É também uma peça teatral para todas as idades no qual os espectadores participam integralmente da trajetória de Francisco até ter sua congregação aceita pelo Papa Inocêncio II. A montagem conta ainda a história de amor entre Francisco e Clara, que se torna sua principal aliada nos ideais de vida de caridade e doação aos mais pobres.

Agenda

Espetáculo Francisco de todos nós”

Nesta sexta-feira, 02.06, em duas funções – às 19:30 e às 21:00

Teatro Ângela Oliveira do Centro de Cultura Maestro Miro (Muchila)

Ingressos: R$ 30,00, à venda nos centros espíritas de Feira de Santana

Maiores informações:

75 99245 2888 ou 75 98151 6928 (WhatsApp)

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).