Ex-presidente Lula: com Gleisi Hoffmann, PT será mais ousado, aguerrido e combativo

Ex-presidente e senadora Gleisi Hoffmann durante o '6º Congresso Nacional do PT – Marisa Letícia Lula da Silva'.

Ex-presidente e senadora Gleisi Hoffmann durante o ‘6º Congresso Nacional do PT – Marisa Letícia Lula da Silva’.

Um partido mais ousado, mais aguerrido, mais organizado, mais combativo. Essa é a visão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o PT sob a presidência de Gleisi Hoffmann. Ela foi eleita neste sábado (03/06/2017) como a primeira presidenta mulher do Partido dos Trabalhadores.

“Quando o PT era dirigido por homens, o PT era bom. Agora que está assumindo a responsabilidade de ter  depois de 37 anos a primeira mulher presidenta do PT,  eles vão saber como esse partido vai ser daqui para frente: mais ousado, mais aguerrido, mais organizado, mais combativo, e com a cara muito mais bonita”, afirmou Lula.

Parabenizando a toda militância e ao Partido dos Trabalhadores, Lula afirmou que o 6º Congresso do PT demonstra a força do partido. “Nós não somos aquele partido fisiológico. A gente pensa em cada cidadão brasileiro. A preocupação que eles têm com o PT voltando a governar esse país, o PT sabe como acabar com a fome, como colocar criança pobre na escola,  o PT sabe, já fez, e vai voltar a fazer”, disse.

Lula afirmou que o PT se fortalece a cada ataque que recebe. “Muita gente está sempre apostando que amanhã o PT será menor. Que o PT acabou. Nas últimas eleições para prefeitura, muitos colunistas ignorantes que se dizem formadores de opinião diziam que o PT acabou. Esse partido nasce mais forte, quando mais ataques recebe”, afirmou.

Lula parabenizou aos outros candidatos na disputa, José de Oliveira e o senador Lindbergh Farias (PT-RJ). O ex-presidente também agradeceu a direção executiva nacional, presidida até este sábado por Rui Falcão.

Inverdades

Lula criticou os procuradores da operação Lava-Jato. “O que eu tenho contra as meninices dos procuradores da Lava-Jato, que assumiram o compromisso de ser prestador de informação para Globo, a Globo assumiu o compromisso de transformar as inverdades as em verdades, e agora eles estão sem saída”, afirmou. “Porque como é que vai depois de dois anos e meio dizendo que o Lula é culpado, vai ser delatado, e o máximo que eles estão conseguindo com as delações é um ‘acho que ele sabia’”.

O ex-presidente afirmou, que para sair dessa enrascada, a imprensa deveria, primeiro, pedir desculpa pelas mentiras que contaram, sobre ele e sobre Marisa. “Só depois a gente volta à normalidade, enquanto isso eu vou deixar eles encrencados”, afirmou.

“Em qualquer situação eu quero que vocês saibam eu estarei de corpo e alma. Esse partido com esse bando de homens e mulheres, verdadeiros guerreiros. Eles sabem que vão precisar enfrentar esse exército para enfrentar vocês”, afirmou.

“Parabéns ao Partido dos Trabalhadores”, encerrou.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]