Empresa Aguapé cria horta vertical inédita no Brasil

Sistema desenvolvido pela Aguapé Horta Urbana possibilita produção de hortaliças de maneira saudável, sustentável e em grande escala dentro do ambiente urbano.

Sistema desenvolvido pela Aguapé Horta Urbana possibilita produção de hortaliças de maneira saudável, sustentável e em grande escala dentro do ambiente urbano.

A Sustentabilidade tem sido quesito importante na vida de muitas pessoas e, quando o assunto é alimentação, a preocupação com a qualidade e procedência dos produtos é essencial. Diante de tal realidade, a Aguapé Horta Urbana, traz um projeto inovador ao Brasil.

Criada no último mês de abril, por Paulo Gouvea (especialista em Hidroponia), Sidney Russo (especialista em pesquisa e desenvolvimento em sistemas de hidroponia) e Maurício Gouvea, a empresa desenvolveu um sistema de horta vertical indoor.

No país, não existem empresas que operem nesse sistema e que possam atender ao mercado em grande escala. No entanto, o consumidor já exige cada vez mais hortaliças frescas e sem agrotóxicos. “As hortaliças, principalmente a alface, têm alto grau de contaminação por agrotóxicos. As hortaliças orgânicas têm um preço elevado e não são de fácil acesso ao grande público. Desta maneira, o sistema de horta vertical indoor permite a produção de hortaliças sem uso de agrotóxicos e em grande escala”, explica Maurício Gouvea.

Diante de tal necessidade e do rápido crescimento do conceito de “urban farm” e das soluções de cultivo vertical indoor ao redor do mundo, a Aguapé Horta Urbana iniciou a criação de alguns protótipos até chegar ao modelo atual, que está 100% funcional, e que possibilita a produção de hortaliças de forma saudável e sustentável, e em grande escala, dentro do ambiente urbano.

Diferenciais

“Queremos ser pioneiros e líderes na produção de alimentos no sistema de horta vertical indoor no Brasil”, destaca Maurício Gouvea, ao explicar que o sistema criado pela Aguapé Horta Urbana, tem “alta produção pelo sistema de cultivo vertical, que possibilita a produção dentro das próprias cidades, ou seja, em prédios, shoppings, residenciais e outros; zero agrotóxicos e itens produzidos longe de insetos e doenças”, frisa.

A horta vertical indoor, também, tem uma redução de 90% do consumo de água e se mantém dentro de um ambiente controlado para garantir a qualidade das hortaliças.

Próximo passo

Vencida a fase de desenvolvimento e teste de protótipos, a empresa está em busca de investidores para iniciar a primeira fase da operação em São Paulo, com a estimativa de produção de quase 40 mil hortaliças por mês no fim do primeiro ano. “Até o momento temos feito tudo com recursos próprios”, observa Maurício Gouvea.

Para colaboração com o projeto ou obter outras informações sobre a ação, os interessados podem acessar o site: www.aguapehortaurbana.com.brou encaminhar e-mail para: [email protected]

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]