Dois generais no “Senado da Câmara” | Por Baltazar Miranda Saraiva

Composição da mesa da solenidade de entrega da medalha Medalha Thomé de Souza aos generais Joarez Alves Pereira Junior e Ridauto Lucio Fernandes.

Composição da mesa da solenidade de entrega da medalha Medalha Thomé de Souza aos generais Joarez Alves Pereira Junior e Ridauto Lucio Fernandes.

General Joarez Alves Pereira Junior, vereador Henrique Carballal e general Ridauto Lucio Fernandes. Generais são homenageados com a Medalha Thomé de Souza.

General Joarez Alves Pereira Junior, vereador Henrique Carballal e general Ridauto Lucio Fernandes. Generais são homenageados com a Medalha Thomé de Souza.

Representando a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Baltazar Miranda Saraiva participou da solenidade de outorga da Medalha Thomé de Souza aos generais Joarez Alves Pereira Junior e Ridauto Lucio Fernandes.

Representando a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Baltazar Miranda Saraiva participou da solenidade de outorga da Medalha Thomé de Souza aos generais Joarez Alves Pereira Junior e Ridauto Lucio Fernandes.

A Câmara Municipal de Salvador, apesar de não ter sido a primeira Câmara instituída no Brasil, visto que em 1532 é erguida a Casa Câmara da Vila de São Vicente, foi a mais importante durante o Império Colonial Português nas Américas. Durante esse período recebeu várias denominações, mas a que mais a distinguiu, pelo menos do ponto de vista histórico, foi a de “Senado da Câmara”.

Essa denominação teve origem nas administrações locais de Portugal, na idade média, quando os homens-bons de uma cidade, vila ou concelho elegiam um conjunto de oficiais encarregados de administrar a localidade. Como esses oficiais, geralmente, se reuniam numa câmara, por extensão passou a chamar-se “câmara” ao próprio órgão de administração local ali reunido.

A partir do Renascimento, as câmaras das cidades mais importantes de Portugal passaram a ser conhecidas como o “Senado da Câmara”. Durante o período colonial, a Câmara Municipal de Salvador também foi assim chamada. Daí a escolha desse nome para registrar neste artigo o acontecimento, nela ocorrido, da entrega da Medalha Thomé de Souza ao comandante da 6ª Região Militar, general de Divisão Joarez Alves Pereira Júnior, e ao comandante da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada, Brigada Felipe Camarão, sediada em Natal, general de Brigada Ridauto Lúcio Fernandes, que, antes de assumir esse comando, exercia a função de Chefe do Estado-Maior,  da 6ª Região Militar, sediada em nossa capital.

A solenidade de entrega das honrarias foi presidida pelo vereador Henrique Carballal (PV), autor da Resolução que homenageou os dois generais com a Medalha Thomé de Souza.  Esta medalha é concedida a pessoas que tenham prestado relevantes serviços ao município de Salvador, escolhidas a critério da Mesa Diretora da Câmara.

Segundo Carballal, os “generais passaram por diversos setores do Exército sendo condecorados inúmeras vezes pelos excelentes serviços prestados à nação”.

O general Ridauto Lúcio Fernandes ingressou no Exército em 1981, no curso de infantaria na Academia Militar das Agulhas Negras. Graduou-se bacharel em Ciências Militares no ano de 1987 e especializou-se como Operador de Forças Especiais em 1989. Em sua área de especialização realizou diversos cursos militares ligados ao paraquedismo, montanhismo e mergulho autônomo.

O general Joarez Alves Pereira Júnior iniciou sua carreira militar em 16 de fevereiro de 1976, ao ingressar na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, onde terminou o curso em 1978 como 1º colocado de sua turma. Graduou-se aspirante-a-oficial de cavalaria em 11 de dezembro de 1982, na Academia Militar das Agulhas Negras, laureado em primeiro lugar.

Classificado no 3º Regimento de Cavalaria Mecanizado, em Bagé, Rio Grande do Sul,  foi promovido a segundo-tenente em 31 de agosto de 1983 e a primeiro-tenente em 25 de dezembro de 1984. Depois, foi instrutor da AMAN- Academia Militar das Agulhas Negras.

Atingiu ao posto de capitão em 25 de dezembro de 1988 e em 1991 realizou o curso da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais, no qual foi o primeiro colocado na turma de cavalaria. Em função disso, recebeu a Medalha Marechal Hermes, de prata, com duas coroas. Em seguida, exerceu os cargos de instrutor da EsAO (Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais) e de Observador Militar na antiga Iugoslávia.

Os ilustres generais foram homenageados no Paço da Câmara Municipal, um dos mais importantes exemplares da arquitetura colonial brasileira. O general Joarez Alves Pereira Júnior falou em nome dos agraciados, tendo, na ocasião, agradecido ao general Ridauto a honra de representá-lo.

O Tribunal de Justiça da Bahia também esteve presente na solenidade de entrega das Medalhas através da sua presidente, desembargadora Maria do Socorro Santiago, a quem este escriba teve a honra de representar.

Em seu discurso de agradecimento, o general Joarez encantou os convidados e os oficiais das Forças Armadas sediadas na Bahia discorrendo sobre seu trabalho e sobre sua dedicação ao Exército brasileiro durante todos esses anos de esforço e perseverança.

Ao citar, em latim, a frase do grande orador romano, Cícero, de que NENHUM DEVER É MAIS IMPORTANTE QUE A GRATIDÃO, o general Joarez, emocionado, agradeceu a homenagem recebida, que ficará registrada em sua memória e na do seu colega, general Ridauto Lúcio Fernandes, como as mais expressivas manifestações de carinho do povo de Salvador consignadas na Medalha Thomé de Souza, cuja entrega ocorreu no Paço da Câmara Municipal de Salvador, antigamente conhecida como o “Senado da Câmara”.

Composição da mesa

Compuseram a mesa da solenidade de outorga da Medalha Thomé de Souza: coronel Anselmo Alves Brandão, Comandante Geral da policia Militar da Bahia; Vice-Almirante Arnon Lima Barbosa, ex-comandante do II Distrito Naval; general de José Elito Carvalho, ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional; Geraldo Junior, Secretário da Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer, representando o prefeito ACM Neto; General Joarez Alves Pereira Junior, homemageado; vereador Henrique Carballal, Autor das Resoluções; General de Brigada Ridauto Lúcio Fernandes, homemageado; Desembargador Baltazar Miranda Saraiva, representando a Presidente do TJBA Desª Maria do Socorro Barreto Santiago; Vice-Almirante Almir Garnier, Comandante do II Distrito Nalval; e General de Divisão Racine Bezerra Lima Filho.

*Baltazar Miranda Saraiva é desembargador e membro da Comissão de Igualdade do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA), e representa a magistratura como participante da Diretoria Executiva da Associação Nacional dos Magistrados Estaduais (ANAMAGES), na condição de Vice-Presidente Social, Cultural e Esportivo.

Confira imagens do evento 

Composição da mesa da solenidade de entrega da medalha Medalha Thomé de Souza aos generais Joarez Alves Pereira Junior e Ridauto Lucio Fernandes.
General Joarez Alves Pereira Junior, vereador Henrique Carballal e general Ridauto Lucio Fernandes. Generais são homenageados com a Medalha Thomé de Souza.
Representando a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Baltazar Miranda Saraiva participou da solenidade de outorga da Medalha Thomé de Souza aos generais Joarez Alves Pereira Junior e Ridauto Lucio Fernandes.
Representando a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Baltazar Miranda Saraiva participou da solenidade de outorga da Medalha Thomé de Souza aos generais Joarez Alves Pereira Junior e Ridauto Lucio Fernandes.
Representando a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Baltazar Miranda Saraiva participou da solenidade de outorga da Medalha Thomé de Souza aos generais Joarez Alves Pereira Junior e Ridauto Lucio Fernandes.
Representando a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Baltazar Miranda Saraiva participou da solenidade de outorga da Medalha Thomé de Souza aos generais Joarez Alves Pereira Junior e Ridauto Lucio Fernandes.
previous arrow
next arrow
Composição da mesa da solenidade de entrega da medalha Medalha Thomé de Souza aos generais Joarez Alves Pereira Junior e Ridauto Lucio Fernandes.
ArrowArrow
Slider

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]