Deputado critica retirada de ônibus do Centro Administrativo da Bahia: “pura birra política”

Deputado estadual Joseildo Ramos (PT) teceu duras críticas à administração municipal de Salvador.

Deputado estadual Joseildo Ramos (PT) teceu duras críticas à administração municipal de Salvador.

A retirada de 20 linhas de ônibus que atendiam o Centro Administrativo da Bahia (CAB) tornou-se tema de discussão no parlamento baiano. Presidente da Comissão de Constituição e Justiça da ALBA, o deputado estadual Joseildo Ramos (PT) teceu duras críticas à administração municipal de Salvador nesta quinta-feira (01/06/2017), acusando a prefeitura de agir com “imaturidade política” diante dos avanços das obras do metrô, de responsabilidade do Governo do Estado desde 2013.

Para o parlamentar, a prefeitura prefere “sacrificar e dificultar a vida de mais de 40 mil trabalhadores baianos do que dar o braço a torcer”, tornando o percurso mais longo para a população que terá que utilizar mais de um meio de transporte para completar o trajeto. “Essa birra política não afeta só os funcionários do Estado que trabalham ali. Existem órgãos e secretarias de atendimento direto ao público. O TRE, por exemplo, está fazendo recadastramento biométrico”, lembrou Joseildo.

Ao comentar a declaração do secretário de Mobilidade Urbana do município, Fábio Motta, sobre a medida atender a uma exigência do Governo do Estado, o deputado disse “não ver lógica” no argumento. “Eles são os verdadeiros e únicos responsáveis por essa mudança esdrúxula, e ainda querem pôr a culpa no Estado? Ora, justo aquele que, ao invés de apenas pintar e reduzir a frota, de fato, está trabalhando para melhorar a mobilidade urbana? Não faz sentido”, ironizou.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]