Vereador comenta sobre campanha para Micareta de Feira de Santana, paredões e Uber

Roberto Tourinho: foram apreendidos veículos, drogas, armas de fogo, entorpecentes e encontradas pessoas foragidas da Justiça.

Roberto Tourinho: foram apreendidos veículos, drogas, armas de fogo, entorpecentes e encontradas pessoas foragidas da Justiça.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta segunda-feira (08/05/2017), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Roberto Tourinho (PV) tratou sobre a campanha “Micareta de Paz é Você Quem Faz”, lançada pelo Ministério Público e o projeto de lei de sua autoria que regulamenta a realização de paredões em Feira de Santana.

“Nesta segunda-feira, às 14 horas, o Ministério Público estadual lança a campanha ‘Micareta da Paz é Você Quem Faz’, em sua sede situada na Avenida Getúlio Vargas. A campanha tem como objetivo intensificar ações durante a Micareta, buscando coibir atos violentos durante a festa. Os promotores atuarão na Micareta visitando postos policiais, unidades de saúde, conselhos tutelares, delegacias, centros de acolhimento de crianças e adolescentes e outros locais. O lançamento contará com a presença da procuradora-geral de Justiça, Ediene Lousado. Parabenizo MP pela importante ação”, disse.

Ainda no uso da tribuna, Tourinho fez a leitura de um relatório produzido pela I Corpin após ação de fiscalização de paredão, realizada em conjunto com as polícias civil e militar e Secretaria Municipal de Meio Ambiente. O paredão ocorreu no último dia 06 de maio.

“Nesta fiscalização foram apreendidos veículos, drogas, armas de fogo, entorpecentes e encontradas pessoas foragidas da Justiça. Esta ação teve o comando do tenente Aquino e foram realizadas dezenas de abordagens. Isso aconteceu em nossa cidade e muitos ainda acham que nestes eventos estão apenas jovens aproveitando o som”, analisou.

Em aparte, o vereador Marcos Lima (PRP) pediu que o colega diferenciasse paredão de som de carro. Prontamente Tourinho esclareceu que paredão é o som carregado em reboque. “Se o volume do som do carro estiver acima do permitido deve ser multado”, disse.

De volta com a palavra, Tourinho lembrou que deu entrada em um projeto de lei que visa regulamentar a realização de paredões na cidade, mas o mesmo ainda se encontra nas comissões da Casa. Em aparte, Edvaldo Lima (PP) disse que o colega pode contar com seu voto para aprovação da matéria. “Esses paredões e sons de carro altos são um desrespeito e imoralidade”, pontuou.

Dando continuidade ao pronunciamento, Roberto Tourinho repercutiu a chegada do Uber em Feira de Santana e segundo ele, não pode se permitir o que não é legalizado. O vereador ressaltou que não é contra o novo sistema de transporte, mas entende que deve funcionar sob legislação específica.

“Dei entrada em um requerimento solicitando do secretário de Transporte e Trânsito esclarecimentos sobre o Uber e ele me respondeu que no Município não há regulamentação para tal sistema de transporte. Não tenho dúvida de que os lugares onde já existe o Uber ele funciona bem e com preço diferenciado, mas não podemos discutir e permitir que se utilize um serviço sem lei e o Poder Público deve agir na questão. Vale lembrar que não sou contra o Uber, apenas penso que precisa de uma lei para ele”, findou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]