TCU diz que déficit primário poderá ser maior do que o estimado pelo governo; projeção é de R$ 185 bilhões

Déficit é ampliado durante gestão do presidente Michel Temer.

Déficit é ampliado durante gestão do presidente Michel Temer.

Análise feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU) sobre despesas e metas fiscais do Orçamento de 2017 constatou que o déficit primário do governo para este ano poderá chegar a R$ 185 bilhões. O número previsto pelo governo é de R$ 139 bilhões.

A Secretaria de Macroavaliação Governamental do tribunal mostrou uma despesa R$ 5,4 bilhões maior do que a projetada pela Lei Orçamentária e uma receita R$ 40,6 milhões menor do que a prevista pelo governo. A análise não leva em conta, no entanto, o corte de R$ 42,1 bilhões que já foi anunciado pelo governo para cumprir a meta de déficit primário.

“Neste momento de tormenta econômica pela qual nosso país atravessa, não há como deixar de mencionar os grandes desafios imediatos a serem enfrentados pelo governo federal na adoção de ações para tratar do grave quadro fiscal que se apresenta, como forma de conduzir o Brasil a superar mais este desafio”, disse o relator do processo, ministro Vital do Rêgo,

A análise do TCU será encaminhada à área econômica do governo para alertar sobre a possibilidade de não cumprimento do resultado primário, que deverá se manifestar em 30 dias.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]