Deputado Targino Machado critica elevado índice de violência observado em São Gonçalo dos Campos e diz que moradores não acreditam na eficácia da polícia

Targino Machado: Gonçalo dos Campos, minha amada terra natal, está tomada pelo crime.

Targino Machado: Gonçalo dos Campos, minha amada terra natal, está tomada pelo crime.

Em sessão plenária da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), ocorrida nesta quarta-feira (11/05/2017), o deputado Targino Machado (PPS) criticou o elevado índice de violência observado em São Gonçalo dos Campos, avaliando que os moradores deixaram de acreditar na competência da polícia em conter criminalidade.

— A situação da Bahia está muito pior do que podemos imaginar. A população de São Gonçalo dos Campos, minha amada terra natal, está tomada pelo crime, a população está sitiada. Não existe na cidade uma rua, uma viela que seja segura para o cidadão morar ou transitar. Vivemos hoje um império da desordem, da falta de lei, da falta de autoridade. Uma cidade que é conhecida pelo clima ameno, de características bucólica e tranquila, chamada de Cidade Jardim, está nesse estado preocupante. Os moradores já não acreditam nas polícias. Como é que a cidade tem 40 mil habitantes e possui apenas três soldados e uma viatura da PM? Para piorar, a viatura está quebrada há dois dias e com escassez de combustível para patrulhar a cidade. Governador Rui Costa, até quando isso vai continuar? O povo de São Gonçalo está clamando por misericórdia. Vem cuidar da saúde, da educação e do grande gargalo da população baiana que é a segurança pública! — Afirmou Targino Machado.

Confira vídeo

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).