Salvador: Ricardo Ishmael lança obra literária ‘O curioso destino de Rita Quebra-Cama’

Ricardo Ishmael.

Ricardo Ishmael.

Quem gosta de ver Ricardo Ishmael na TV também pode agora conhecer sua habilidade como escritor. O jornalista e apresentador lança, na quarta-feira (10/05/2017), a partir das 17 horas, no foyer do Teatro Castro Alves, o primeiro livro, com título ‘O curioso destino de Rita Quebra-Cama’. Às 19 horas, o autor participa de um bate-papo com o professor e escritor Marcus Vinícius Rodrigues, vencedor do Prêmio Nacional de Contos da Academia de Letras da Bahia em 2016. O bate-papo faz parte do projeto “Conversas Plugadas”, realizado pelo Teatro Castro Alves com artistas e personalidades ligadas à cultura e às artes.

Ambientada no sertão nordestino, região de origem do escritor, a publicação marca a iniciação Ishmael no universo literário. Ao todo são sete contos de ficção que retratam temas universais como disputa pela posse de terras, conflitos armados, dramas de família, relações amorosas, lendas populares.

“São temas amplos, universais, que tratam da condição humana, dos limites a que nos vemos submetidos nesse tempo-lugar que é, ao mesmo tempo, real, duro, sofrível, mas, também, mítico, poético, plural e profundo”, diz o autor. Violência, tragédia e realismo fantástico estão presentes, em maior ou menor grau, em quase todas as narrativas, que também trazem aspectos pitorescos da vida no sertão contados de forma ágil, direta.

As personagens e seus dilemas, embora saídos inteiramente da imaginação do autor, compõem um recorte fiel, dinâmico e atemporal das experiências de mulheres e homens sertanejos, os habitantes da “sociedade roçaliana”, como bem define Elomar Figueira Melo, e à qual Ricardo Ishmael pertence.

O livro é ilustrado com obras de Juraci Dórea, artista plástico feirense consagrado internacionalmente pelo extenso trabalho com desenhos, fotografias e xilogravuras.Com edição da Solisluna Design Editora, o livro tem prefácio do jornalista e diretor de jornalismo da Rede Bahia de Televisão, Roberto Appel. A orelha e a contracapa foram escritas pela poetisa Mabel Velloso e pelo poeta e cantador Xangai, respectivamente. Embora esteja centrado nas ações de coronéis, jagunços, beatos, lavradores e outros personagens sertanejos, consagrados na chamada “literatura regionalista”, O curioso destino de Rita Quebra-Cama foge dos estereótipos. “Não me interessam a caricatura, o folclore, a romantização. Me interessam, sim, as histórias de gente, de pessoas, de seres humanos. Quero falar de indivíduos iguais a mim e, ao mesmo tempo, diferentes de mim. E quero mais. Quero que o livro chegue efetivamente ao sertão, aos lugares e às pessoas que me inspiraram, incentivaram. Meu desejo é que as histórias de Rita Quebra-Cama alcancem não apenas os lugares maiores, mas, também, as localidades mais longínquas deste sertão”, conclui.

Perfil

Natural de Serrinha, cidade do semiárido baiano, Ricardo Ishmael é um dos oito filhos do marceneiro Antônio e da dona de casa Julia, mais conhecida como Dona Petinha. Descobriu nos livros, ainda criança, uma paixão que o acompanharia desde então. Passou pela faculdade de Licenciatura em História da UEFS, Universidade Estadual de Feira de Santana e, logo em seguida, formou-se bacharel em jornalismo pela UESB, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, em Vitória da Conquista.

Conheceu as técnicas de roteiro para TV, cinema e vídeo numa pós-graduação lato sensu oferecida pela, à época, Faculdade Jorge Amado, em Salvador. Trabalha desde 2001 na Rede Bahia de Televisão, grupo de emissoras afiliadas à Rede Globo. Já ocupou as funções de estagiário e produtor de reportagem e há sete anos é apresentador-titular do telejornal Jornal da Manhã, da TV Bahia, além de repórter e editor.

A Editora

Solisluna Design Editora é uma empresa especializada em projetos editoriais e iniciou suas atividades em 1993 na Bahia, pelos designers Enéas Guerra e Valéria Pergentino e, desde então, editam livros que tratam do patrimônio imaterial, arquitetônico e religioso, do meio ambiente, da pluralidade racial, de questões relacionadas às mudanças sociais e do fazer cotidiano de uma gente singular.

Nestes anos de atividade, a Solisluna Editora, sempre comprometida com a bibliodiversidade, tem se caracterizado por difundir livros de qualidade: prosa e poesia, romances, ensaios e estudos afro-brasileiros, publicações institucionais, livros de arte e infanto-juvenis.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]