Roberto Mendes apresenta aula show em Feira de Santana sobre samba chula

O músico santo-amarense Roberto Mendes falou sobre o seu novo trabalho, bem como da nova fase de sua carreira, e dos shows que vem fazendo fora do Estado. Na foto: Roberto Mendes canta canções do seu novo CD.

O músico santo-amarense Roberto Mendes falou sobre o seu novo trabalho, bem como da nova fase de sua carreira, e dos shows que vem fazendo fora do Estado.
Na foto: Roberto Mendes canta canções do seu novo CD.

O cantor, compositor e violonista Roberto Mendes se apresenta em Feira de Santana neste sábado (13/05/2017), no Teatro do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), a partir das 19 horas. Antes do show, o artista participa de um bate-papo que terá como tema “Chula: comportamento traduzido em canção”.

“Vai ser uma conversa sobre a origem do samba chula e como ele se configura na atualidade”, explica Tércia Souza, produtora do evento e aluna do Programa de Pós-Graduação Gestão e Tecnologias Aplicadas à Educação (Gestec) da Uneb, que desenvolve pesquisa sobre o Samba de Roda de Pilão, em Tanquinho (BA).

Ela também ressalta o princípio de indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. “Esse encontro objetiva promover reflexões sobre a importância de conciliar ações acadêmicas com as demandas da comunidade e assim contribuir para uma formação mais solidária e humana”, concluiu.

Samba chula é uma manifestação popular que se encontra na região que abrange Maracangalha, São Francisco do Conde, Terra Nova, Teodoro Sampaio, Saubara e Santo Amaro. As chulas são miniaturas poéticas que tratam dos assuntos da vida, retratando aspectos do cotidiano e dando conselhos, alertas e “sotaques” para quem precisa ouvir.

Roberto Mendes

Natural de Santo Amaro da Purificação, Roberto Mendes estuda o samba chula há mais de três décadas, ele é um artista conceituado nacionalmente, já lançou nove CD’s e tem músicas gravadas por diversos nomes da MPB, entre os quais, Gal Costa, Margareth Menezes, Daniela Mercury, Maria Creuza, Raimundo Sodré e Zezé Motta.

Bethânia inclusive obteve muito sucesso com algumas composições dele, a exemplo de “Filosofia pura” (em dueto com Gal Costa), “A bela e o mar”, “Vida vã” e “Vila do adeus”, estas fruto da parceria de Roberto e Jorge Portugal, e “Resto de mim”, dele e de Ana Basbaum.

Convidados

O evento conta ainda com a participação da cantora Maryzélia e dos cantores e compositores Dionorina e Carlos Pitta. Nomes de gerações diferentes que fazem parte da história da música, especialmente em Feira de Santana.

Os interessados podem entrar em contato com a organização do evento através do email: [email protected] ou pelo telefone (75) 99171-6321. Os ingressos serão vendidos no local.

Agenda

Onde: Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca) – Rua Conselheiro Franco, nº66 – Centro, Feira de Santana – BA

Quando: Sábado, dia 13 de maio de 2017, a partir das 19 horas

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]