Música ‘O Trono do Estudar’ é ode às lutas sociais da esquerda do Brasil por educação de qualidade

A compositora Dani Black escreveu a letra da música ‘O Trono do Estudar’, em homenagem à ocupação das escolas estaduais de São Paulo.

A compositora Dani Black escreveu a letra da música ‘O Trono do Estudar’, em homenagem à ocupação das escolas estaduais de São Paulo.

A música “O Trono do Estudar”, foi composta por Dani Black em apoio à luta dos estudantes de São Paulo, contra a medida de fechamento de 100 escolas, promovida pelo governo estadual de Geraldo Alckmin (PSDB), foi gravada por dezoito artistas, entre eles Chico Buarque, Dado Villa-Lobos, Paulo Miklos e Zélia Duncan.

A música foi cantada durante a Virada Ocupação, realizada nos dias 6 e 7 de dezembro de 2015. O evento reuniu artistas a exemplo de Tiê, Criolo, Pitty e Emicida.

Observa-se que o fato gerador da música de protesto ocorreu há alguns anos, mas a música mantém a perenidade em decorrência da constante luta pelo direito social a educação de qualidade.

Confira letra da música ‘O Trono do Estudar’

Ninguém tira o trono do estudar

Ninguém é o dono do que a vida dá

Ninguém tira o trono do estudar

Ninguém é o dono do que a vida dá

E nem me colocando numa jaula

Porque sala de aula essa jaula vai virar

E nem me colocando numa jaula

Porque sala de aula essa jaula vai virar

A vida deu os muitos anos da estrutura

Do humano à procura do que Deus não respondeu

Deu a história, a ciência, arquitetura

Deu a arte, deu a cura e a cultura pra quem leu

Depois de tudo até chegar neste momento me negar

Conhecimento é me negar o que é meu

Não venha agora fazer furo em meu futuro

Me trancar num quarto escuro e fingir que me esqueceu

Vocês vão ter que acostumar

Ninguém tira o trono do estudar

Ninguém é o dono do que a vida dá

Ninguém tira o trono do estudar

Ninguém é o dono do que a vida dá

E nem me colocando numa jaula

Porque sala de aula essa jaula vai virar

E nem me colocando numa jaula

Porque sala de aula essa jaula vai virar

E tem que honrar e se orgulhar do trono mesmo

E perder o sono mesmo pra lutar pelo o que é seu

Que neste trono todo ser humano é rei

Seja preto, branco, gay, rico, pobre, santo, ateu

Pra ter escolha, tem que ter escola

Ninguém quer esmola, e isso ninguém pode negar

Nem a lei, nem estado, nem turista, nem palácio

Nem artista, nem polícia militar

Vocês vão ter que engolir e se entregar

Ninguém tira o trono do estudar

Confira vídeo

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).