Moro: o Batman brasileiro

O “herói” da revista Veja, permite que todas as delações importantes sejam vazadas.

O “herói” da revista Veja, permite que todas as delações importantes sejam vazadas.

O super-herói americano Batman, foi criado em maio de 1939 pelo escritor Bill Finger e pelo artista Bob Kane, inspirados em um morcego que combate o crime na cidade fictícia de Gothan City, e tem como auxiliares seu mordomo Alfred e seu parceiro Robin.

Ao contrário da maioria dos super-heróis americanos, Batman não possui superpoderes, faz uso do seu intelecto de gênio, de sua perícia em artes marciais e de uma vontade indomável na sua guerra contra o crime. Tem como principal objetivo, punir os criminosos independentemente de classe social.

Infelizmente o Batman-Moro ou Moro-Batman, age de forma contrária ao herói americano. A luta do “herói” (?) brasileiro tem como base a exceção, ou seja, uma situação oposta ao Estado de Direito. É uma preocupante ameaça à ordem constitucional democrática, destacando-se pela suspensão de direitos e garantias constitucionais, numa atitude ditatorial que resulta em uma revolução, ou golpe contra os direitos do cidadão.

Resumindo, o Batman-Moro protege seus “afilhados” e persegue todos que não fazem parte da sua “curriola”. Se for do PT, é sempre culpado; sendo dos demais Partidos de Direita, não vem ao caso.

O nosso mamífero voador tem como princípio básico, filtrar os depoimentos na tentativa de atingir Lula, Dilma e a quem pertencer ao PT.

Pode-se comprovar isso, através das mais de 50 vezes que o “moleque e irresponsável” Aécio Neves foi citado nas delações da Lava Jato, mas não vem ao caso.

Temer, por sua vez, foi denunciado em delação premiada pelos donos da rede de frigoríficos JBS, Joesley e Wesley Batista, que gravaram o golpista Michel Temer dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado Eduardo Cunha. A propina avalizada pelo golpista-presidente foi nada mais, nada menos do que R$ 500.000,00 semanais como forma de cala-boca.

Pasmem, R$ 500.000,00 semanais de “mesada”, e o trabalhador brasileiro é quem é considerado o culpado dos rombos na economia brasileira!

Como esta delação não foi feita ao já conhecido “herói” – homem morcego brasileiro – e sim à Procuradoria Geral da República (PGR), o golpista e ladrão deve ser punido – assim espera o povo brasileiro.

O nosso mamífero voador perdeu a oportunidade de mais uma vez, defender a sua cria – Temer. O “herói” da revista Veja, permite que todas as delações importantes sejam vazadas para este “folhetim de segunda”, ao seu bel prazer. Não só este folhetim, mas também a grande mídia burguesa, golpista, recebe pedaços destas informações e as usa como quer.

Já o golpista Temer, por seu turno, faz às vezes do mordomo “Alfred” nesta história de cunho catastrófico. Robin, o amigo inseparável do Batman-Moro, com certeza deve ser Rodrigo Rocha Loures, o homem da mala do mordomo Temer. Cadeia para todos.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Alberto Peixoto
Antonio Alberto de Oliveira Peixoto, nasceu em Feira de Santana, em 3 de setembro de 1950, é Bacharel em Administração de Empresas pela UNIFACS, e funcionário público lotado na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, atua como articulista do Jornal Grande Bahia, escrevendo semanalmente, é escritor e tem entre as obras publicadas os livros de contos: 'Estórias que Deus Duvida', 'O Enterro da Sogra, 'Único Espermatozoide', 'Dasdores a Difícil Vida Fácil', participou da coletânea 'Bahia de Todos em Contos', Vol. III, através da editora Òmnira. Também atua incentivador da cultura nordestina, sendo conselheiro da Fundação Òmnira de Assistência Cultural e Comunitária, realizando atividades em favor de comunidades carentes de Salvador, Feira de Santana e Santo Antonio de Jesus. É Membro da Academia de Letras do Recôncavo (ALER), ocupando a cadeira de número 26. E-mail para contato: [email protected] Saiba mais sobre o autor visitando o endereço eletrônico http://www.albertopeixoto.com.br.